CONSELHOS TEMÁTICOS

Conselhos Temáticos são órgãos consultivos e de assessoramento à Presidência e Diretoria da FIEC, constituídos por representantes de Sindicatos, Diretoria da FIEC, Empresários e Entidades Parceiras. Integram a estrutura da Federação das Indústrias do Estado do Ceará - FIEC

CONSELHOS TEMÁTICOS

Conselhos Temáticos são órgãos consultivos e de assessoramento à Presidência e Diretoria da FIEC, constituídos por representantes de Sindicatos, Diretoria da FIEC, Empresários e Entidades Parceiras. Integram a estrutura da Federação das Indústrias do Estado do Ceará - FIEC

Conselhos

COAL

O Conselho Temático de Assuntos Legislativos (Coal) tem por missão orientar o posicionamento da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) nas questões relacionadas ao Poder Legislativo e Executivo, visando a correta aplicação das leis, objetivando sensibilizar e mostrar, aos representantes do poder público, a importância de uma atuação a favor do aumento da competitividade das indústrias cearenses e brasileiras.

O Núcleo de Assuntos Legislativos (Nual) foi criado em 2013 para dar suporte ao Coal, aos sindicatos e à Presidência da FIEC, com o propósito de acompanhar ações legislativas no Congresso Nacional – CN, na Assembleia Legislativa do Estado do Ceará – ALCE, na Câmara Municipal de Fortaleza – CMFOR, e com representantes do Poder Executivo Federal, Estadual e Municipal.

OBJETIVOS:

  • Orientar o posicionamento da FIEC nas questões relacionadas ao Poder Legislativo e Executivo.
  • Sensibilizar e mostrar aos representantes do poder público sobre a importância de uma atuação a favor do aumento da competitividade das indústrias cearenses e brasileiras.
  • Acompanhar ações legislativas no Congresso Nacional, Assembleia Legislativa, Câmara Municipal de Fortaleza e junto a representantes do Poder Executivo Federal, Estadual e Municipal.
     

PRESIDENTE:
André Montenegro de Holanda

Conselhos

COED

O Conselho Temático de Educação (Coed) promove discussões sobre educação no Estado do Ceará, nos vários níveis e modalidades, a partir da visão e das demandas do setor industrial, no intuito de promover melhorias na educação do trabalhador, de modo a capacitá-lo para os desafios do mercado. O Conselho também identifica e apoia a difusão de boas práticas educacionais, além de recomendar ações que fortaleçam a educação no Estado.

OBJETIVOS:

  • Promover o debate sobre a educação profissional cearense, a partir da visão da indústria com o objetivo de promover o desenvolvimento sustentável.
  • Discutir e propor estratégias que atendam às necessidades da indústria relacionados à educação básica, profissional e superior.
  • Recomendar ações que fortaleçam a educação profissional do Ceará e o desenvolvimento da educação empreendedora.
  • Identificar e apoiar a difusão de boas práticas em educação profissional.
  • Apresentar subsídios aos processos decisórios da FIEC, nas questões ligadas à educação.
     

PRESIDENTE:
 

Conselhos

COFIN

O Conselho Temático de Economia, Finanças e Tributação (Cofin) tem por missão orientar o posicionamento da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) nas questões relacionadas à política econômica, que visa o aprimoramento e a competitividade da indústria.

São atribuições deste Conselho Temático deliberar sobre: política econômica; política tributária; intervenção do Estado; sistema financeiro; políticas de desenvolvimento industrial; defesa da empresa nacional; desenvolvimento regional; e infraestrutura (energia, telecomunicação, transporte e defesa do meio ambiente).

OBJETIVOS:

  • Acompanhar e analisar as mudanças na política econômica; traçar cenários; formular propostas; e acompanhar a conjuntura do país e do Ceará e o posicionamento da Confederação Nacional da Indústria (CNI).
  • Avaliar e propor políticas nas áreas monetária, creditícia, cambial, fiscal e tributária.
  • Manter permanente contato com os demais Conselhos Temáticos da FIEC, especialmente com os Conselhos de Assuntos Legislativos, Infraestrutura e Micro e Pequenas Empresas.


PRESIDENTE:
Emílio Fernandes de Moraes Neto

 

Conselhos

COINFRA

O Conselho Temático de Infraestrutura (Coinfra) visa integrar e desenvolver os setores industriais cearenses, especialmente nas áreas de energia, saneamento básico, transportes, concessões e telecomunicações. As discussões são pautadas na premissa de que o binômio infraestrutura e investimentos adequados é fundamental para o desenvolvimento do país.

OBJETIVOS:

  • Aumento da Competitividade Industrial.
  • Colaborar com as decisões da Presidência e Diretoria da FIEC.
  • Avaliar investimentos para a expansão, manutenção e modernização da infraestrutura logística do setor industrial.
  • Analisar e propor soluções para os entraves à disponibilidade e à competitividade da logística multimodal para a indústria, observando posicionamento da CNI.


PRESIDENTE:
Heitor de Mendonça Studart

 

Heitor Studart, presidente do Conselho de Infraestrutura (COINFRA) da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), esteve como representante da FIEC durante a cerimônia de abertura do Maracanaú Científico, evento realizado de 21 a 25/10, no Instituto Federal do Ceará (IFCE), Campus Maracanaú. Durante a ocasião foi feita uma exposição sobre oportunidades de negócios na Região Metropolitana, ligados a Tecnologia e Inovações.

Durante o dia de evento, Heitor Studart também participou da mesa redonda “Potencial de crescimento do Distrito Industrial de Maracanaú: Desafios e Oportunidades”, que contou com a presença de autoridades municipais; do diretor-geral do IFCE – Campus Maracanaú, Júlio César da Costa Silva; e do presidente da Associação Empresarial de Indústrias (AEDI), Mozart Martins.

Conselhos

COMPEM

O Conselho Temático das Micro e Pequenas Empresas (Compem) deve contribuir e incentivar os esforços das micro e pequenas empresas que resultem em melhoria de desempenho e, consequentemente, no aumento dos níveis de produtividade, competitividade empresarial e geração de empregos.

OBJETIVOS:

  • Promover ações, estudos e estratégias para questões como: inovação tecnológica, capacitação empresarial, acesso ao mercado externo, tratamento fiscal diferenciado e acesso ao crédito.
  • Ser um elo de comunicação e de atração de micro e pequenas empresas para o Sistema FIEC, proporcionando a formalização dessas empresas, disponibilizando produtos e serviços do Sistema e fortalecendo a base de empresas associadas aos sindicatos.
  • Manter parcerias com instituições como órgãos e instituições diversas, que atuam em prol da regulamentação da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas, de modo que seja possível acompanhar, discutir e participar das melhorias da legislação.


PRESIDENTE:
Lauro Martins de Oliveira Filho

Conselhos

CONAG

O Conselho de Agronegócios (Conag) promove a discussão sobre projetos agroindustriais no Estado do Ceará, visando a melhoria da competitividade das cadeias produtivas de culturas potenciais e tradicionais como algodão, caju, cera de carnaúba, leite, couro e fruticultura.

OBJETIVOS:

  • Assessorar a Federação das Indústrias do Ceará (FIEC) em matérias relativas ao desenvolvimento e à competitividade dos diversos setores da agroindústria.
  • Analisar projetos de lei ou medidas governamentais que afetem os setores de agroindústria.
  • Promover ou estimular a interação das entidades representativas da agroindústria com a FIEC.
     

PRESIDENTE:
Isaac Matos Bley

Nesta quarta-feira, 29/08, foi realizada a reunião ordinária do Conselho de Agronegócio (Coagro) da Confederação Nacional da Indústria (CNI), em Brasília (DF). Representante da Federação das Indústrias do Estado do Ceará, esteve presente José Antunes Mota, que também é Presidente do Sindilacticínios-CE. Em pauta, a discussão sobre pulverização aérea e seus impactos na agroindústria, e a reforma tributária.

“O Ceará foi o primeiro estado a proibir a pulverização aérea e a matéria está em tramitação, no Supremo Tribunal Federal, para transferir a responsabilidade de regulação também aos municípios. Além disso, discutimos também os efeitos da Reforma Tributária no setor. A CNI conta com advogados e tributaristas que atuam junto os poderes e o debate inclui a defesa dos interesses do Ceará”, disse Antunes Mota.

A reunião também contou com a apresentação do Presidente do Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (SINDAG), Cláudio Júnior Oliveira, com o tema “Tecnologia aérea pela sustentabilidade”.
 

Conselhos

COINTEC

O Conselho Temático de Inovação e Tecnologia (Cointec) tem por finalidade contribuir, por meio de execução e articulação de ações e estratégias, com o desenvolvimento do processo de inovação e do fomento à competitividade do setor produtivo. O Cointec acompanha a aplicação das políticas que dizem respeito ao desenvolvimento industrial e tecnológico, promove debate com especialistas e autoridades na área de política industrial e de inovação e avalia as políticas públicas para o setor.

OBJETIVOS:

  • Subsidiar a Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) nas deliberações sobre produtividade, competitividade, qualidade, ciência/tecnologia, treinamento e formação de pessoal, relação universidade/empresa, micro e pequenas empresas e propriedade industrial.
  • Manter contato e parceria junto ao Conselho das Micro e Pequenas Empreas (Compem).

 

PRESIDENTE:
Marcos Antônio Ferreira Soares

O Conselho de Inovação e Tecnologia (Cointec) da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) discutiu, em sua reunião ordinária, realizada nesta sexta-feira (6/12), o tema saúde digital, debatendo de que forma as inovações tecnológicas estão impactando os sistemas de saúde e a medicica. Para abordar a temática, o pesquisador da área de saúde pública da Fiocruz, Odorico Monteiro, apresentou o cenário local, divulgando ainda a intenção de iniciar um curso de pós-graduação na área.

Outros participantes da reunião, representantes de diversas instituições, colocaram-se à disposição para contribuir com a criação do curso, entre elas, o SESI Ceará, com sua expertise à frente do Centro de Inovação em Economia para Saúde e Segurança da Indústria, e o IEL Ceará, com seu know-how em educação e carreiras.

O Cointec tem por finalidade contribuir, por meio de execução e articulação de ações e estratégias, com o desenvolvimento do processo de inovação e do fomento à competitividade do setor produtivo. Acompanha a aplicação das políticas que dizem respeito ao desenvolvimento industrial e tecnológico, promove debate com especialistas e autoridades na área de política industrial e de inovação e avalia as políticas públicas para o setor.

Conselhos

CORES

O Conselho Temático de Responsabilidade Social (Cores) tem por finalidade assessorar a diretoria da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) em relação a políticas de responsabilidade social e seu desenvolvimento integrado. Cabe ao Cores mapear as formas de atuação das empresas nas questões sociais, seus resultados e perspectivas de sustentação e disseminação, promovendo, ainda, a difusão de exemplos e práticas bem-sucedidas de responsabilidade social empresarial.

OBJETIVOS:

  • Recomendar ações que motivem e facilitem a prática da responsabilidade social pelas empresas.
  • Reunir, promover e disponibilizar informações sobre instrumentos de apoio às ações sociais das empresas.


PRESIDENTE:
Annette Reeves de Castro

Conselhos

CORIN

Cabe ao Conselho Temático de Relações Internacionais (Corin) dirigir ações voltadas para os setores industriais exportadores do Ceará.

Busca inserir o Sistema FIEC em discussões realizadas no âmbito das negociações do comércio internacional, debatendo temas como a inserção do Brasil e do Ceará no cenário das relações internacionais, em consonância com as atividades do Centro Internacional de Negócios da FIEC.

OBJETIVOS:

  • Articulação institucional e empresarial.
  • Promover articulação com entidades de fomento de negócios internacionais no Ceará para promoção de ações voltadas para o desenvolvimento de setores com potencial para exportação.
  • Identificar programas estratégicos para fomento das exportações em parceria com o Centro Internacional de Negócios.
  • Incentivar a participação dos industriais do Ceará em feiras internacionais e em programas de capacitação em comércio internacional.
  • Identificar programas de cooperação internacional que contribuam para a geração de investimentos no Ceará.
  • Incentivar a formação de projetos setoriais integrados e consórcios de exportação.
     

PRESIDENTE:
Ana Karina Paiva Frota

Conselhos

COSIN

O Conselho Temático de Relações Trabalhistas e Sindicais (Cosin) atua examinando as tendências do mercado de trabalho, políticas de empregos e salários no país, além das relações internacionais do trabalho, acompanhando a legislação, projetos de lei e decretos, em defesa dos interesses do setor industrial.

OBJETIVOS:

  • Fortalecer a liderança na representação da indústria e colaborar nos estudos e decisões da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) na área de relações do trabalho e sindicais.
  • Acompanhar, discutir e propor alterações, mediante apresentação de projetos sobre assuntos em pauta no âmbito do Congresso Nacional relativos ao direito do trabalho e à legislação sindical.
  • Apresentar propostas aos poderes executivo e legislativo, orientadas pelo princípio da modernização e da harmonia das relações entre capital e trabalho.
  • Atuar envolvendo os demais Conselhos e com apoio do Conselho Temático de Assuntos Legislativos (Coal).
     

PRESIDENTE:
Jaime Bellicanta

Conselhos

COTEMA

Cabe ao Conselho Temático de Meio Ambiente (Cotema) acompanhar e orientar ações de empresas industriais em questões relativas ao desempenho e gestão ambiental. É sua atribuição estimular práticas voltadas para a ecoeficiência e promover debates com especialistas e autoridades na área ambiental, sobre assuntos como licenciamento ambiental, controle e qualidade ambiental, tratamento e disposição de resíduos, coleta seletiva, entre outros. O Cotema também acompanha as tendências e impactos relativos à questão ambiental em discussão no Congresso Nacional.

Conta com o apoio do Sindiverde e do Núcleo de Meio Ambiente (Numa), ambos órgãos da FIEC.

OBJETIVOS:

  • Discutir e propor estratégias relacionadas ao com meio ambiente e de interesse do setor industrial, no âmbito de sua respectiva abrangência temática.
  • Ampliar a participação, no Sistema FIEC, de empresas, organizações e associações do segmento, buscando consolidar e uniformizar a ação de representação da Federação.
  • Contribuir em prol da instituição de uma legislação específica na área de atuação do Conselho, bem como, promover a correção de fragilidades do segmento temático.
  • Consolidar as reuniões do Conselho bimestralmente, com efetiva participação de seus membros.
  • Acompanhar o trâmite, nas Casas Legislativas, de projetos de lei, ou outras iniciativas, que digam respeito aos interesses ambientais, particularmente da indústria.
     

PRESIDENTE:
Marcos Augusto Nogueira de Albuquerque

Galeria de Imagens


Ir para Galeria