telefone(85) 4009.6300

SENAI Ceará promove discussões sobre inovação em I Simpósio da Indústria do Trigo

27/10/2021 - 17h10

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI Ceará) realizou hoje (26/10) o I Simpósio da Indústria do Trigo: Aditivos e Ingredientes, como parte da programação do tradicional curso de Moleiro promovido há mais de 30 anos pela instituição. A programação aconteceu presencialmente, com limite de pessoas, e online, por transmissão no canal do YouTube do SENAI Ceará.

A Gerente de Educação do SENAI Ceará, Sônia Parente, abriu o evento representando o Diretor Regional do SENAI Ceará e Superintendente Regional do SESI Ceará, Paulo André Holanda. Ela deu as boas vindas aos participantes e destacou a tradição e expertise do SENAI Ceará no curso de Moleiro. "Somos uma referência no Brasil e agradecemos a todos os profissionais que tem contribuído para que a instituição possa realizar o trabalho com qualidade e contribuindo para a indústria", disse. A gestora agradeceu aos representantes das escolas do SENAI, coordenadores, docentes, alunos e indústrias e acrescentou que o papel do SENAI e da FIEC é fortalecer o setor econômico cearense, a indústria e contribuir para o crescimento dos moinhos.

A primeira palestra da manhã tratou do "Cenário Atual da Indústria do Trigo no Brasil" e foi ministrada pelo Superintendente Geral da Associação Brasileira da Indústria do Trigo, Eduardo Assêncio. O trigo é o cereal de maior consumo humano, é responsável por 20% da segurança alimentar do mundo e o 2º maior volume de grãos. Cerca de 50% do trigo necessário ao Brasil é importado.

Nos últimos anos, de acordo com Eduardo Assêncio, há estímulo ao trigo nacional, principalmente no Centro Oeste, em parceria com a Embrapa. O consumo também vem aumentando, assim como a produção. O crescimento foi de 169 mil toneladas/ano ao longo dos últimos anos. O Paraná é o estado que concentra a maior parte dos moinhos no Brasil, que chegam a mais de 150 e geram cerca de 50 mil empregos diretos.

O preço do trigo segue, em geral, o preço das commodities mundiais e tem subido. Mundialmente, houve aumento de 59% dos preços nos últimos 24 meses. Em relação ao trigo nacional, os preços subiram 81% em 24 meses. Considerando que o trigo corresponde a 70% dos custos de produção, os valores têm sido repassados aos consumidores, explica Eduardo Assêncio.

Palestras técnicas

O ciclo de palestras técnicas da manhã teve início às 10h, com o tema "Inovação em Panificação - Alternativas aos oxidantes e ingredientes de sabor", com o bacharel em Química e Especialista em Indústrias de Cereais, Maurício Sandri, da Eurogerm. Em seguida, o pesquisador e doutorando em Ciência e Tecnologia de Alimentos, Glauber Batista, falou sobre "O conhecimento, o trigo e a inovação". Para finalizar a manhã, foi realizada mesa redonda com os palestrantes e Antônio Falcão, da GI Indústria de Produtos de Proteção.

A programação da tarde iniciou com palestra sobre "Aplicação da enzina transglutaminase na panificação". A partir da 14h, Ricardo Mori, da Prozyn, falou sobre “Diferenciação e Inovação na Indústria de Moagem”. Em seguida, aconteceu a palestra “Otimizando Sinergias e o uso de fibras e gomas para reforço e rendimento em farinhas de alta extração”, com João Ricardo, da IFF. Encerrando o evento, os palestrantes da tarde se reuniram em mesa redonda para debater com os participantes.

O evento teve patrocínio das empresas Eurogerm, Prozyn, IFF - International Flavors & Fragrances, Global Food e Sangati Berga e apoio da Associação Brasileira da Indústria do Trigo (Abitrigo) e Ajinomoto do Brasil.

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

FIEC - Federação das Indústrias do Estado do Ceará
Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024 - CNPJ: 07.264.385/0001-43
Política de Privacidade & Copyright