telefone(85) 4009.6300

SENAI Ceará entrega certificados a 138 internos do sistema prisional

21/10/2021 - 17h10

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI Ceará) entregou hoje, (19/10), no Centro de Execução Penal e Integração Social Vasco Damasceno Weyne (CEPIS), certificados para 138 internos do sistema prisional pela conclusão de cursos na área de construção civil e vestuário. Os cursos acontecem no âmbito do programa Sou Capaz, uma parceria entre SENAI e Governo do Estado, por meio da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP).

O Secretário Mauro Albuquerque participou do evento e exaltou o significado da certificação SENAI para a vida dos internos. "SENAI é a melhor escola do país. Vocês estão tendo aqui a oportunidade que não tiveram lá fora", disse. Desde o início do projeto, em 2018, mais de 12 mil internos já foram qualificados, o que corresponde a mais de 50% do número total de pessoas no sistema prisional cearense. A intenção do Governo do Estado, de acordo com o Secretário, é qualificar 100% dos internos.

A qualificação oferece uma oportunidade de mudança de vida. O Diretor Regional do SENAI Ceará, Paulo André Holanda, agradeceu ao Governo do Estado e à SAP pela parceria e aos internos pela confiança no SENAI. "Aqui se promove uma educação para o trabalho, uma qualificação voltada para o mercado de trabalho. Os internos estão tendo uma oportunidade diferenciada de sair daqui transformados e dignificar suas famílias", afirmou. Paulo André Holanda afirmou ainda que a FIEC e o Presidente Ricardo Cavalcante não medem esforços para fazer o Sou Capaz acontecer.

Saiba mais

O Projeto Sou Capaz vem sendo desenvolvido desde 2019. Na Construção Civil, estão sendo realizados cursos de Eletricista Predial, Pedreiro, Instalador Hidráulico, Pintor e Gesseiro. Os internos também estão sendo qualificados em cursos dos segmentos metalmecânico, refrigeração, madeira e mobiliário, automotivo, alimentos e vestuário.

O Sou Capaz tem contribuído diretamente para o programa de industrialização das penitenciárias cearenses. Com a mão de obra qualificada, empresas têm se instalado dentro das unidades penais. Ao todo, são 3.514 internos trabalhando em obras e manutenções nas unidades penais, sendo, a maioria, alunos e ex-alunos do SENAI. Já estão instaladas as empresas Mallory, Ypioca, Malwee, Sprot Servis, Sky Beach, W.Jota Gráfica e Editora e Marisol. Estão em instalação as empresas Allure, Onvit e Hitech Eletric.

Até o final de 2021, serão gerados 1.000 empregos diretos nas indústrias que se instalaram e estão em instalação nas unidades penais.
 

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

FIEC - Federação das Indústrias do Estado do Ceará
Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024 - CNPJ: 07.264.385/0001-43
Política de Privacidade & Copyright