telefone(85) 4009.6300

Ceará Global encerra programação com painéis sobre energias renováveis e estratégias de desenvolvimento econômico

18/10/2021 - 17h10

O segundo dia do Ceará Global teve início com o painel sobre as novas economias do Ceará e energias renováveis. Um dos convidados para discutir o tema foi o Consultor em Energia da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) e Presidente da Câmara Setorial de Energias Renováveis na Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará, Jurandir Picanço.

Jurandir destacou o potencial que o Ceará tem como desenvolvedor de energia eólica e solar do País, além de ser pioneiro no seguimento. “O Ceará se destaca na produção de energias renováveis, e agora se prepara também para ser produtor de hidrogênio verde. Esta é uma opção tecnológica que foi encontrada para acelerar o processo de descarbonização do país, além de reduzir os riscos ocasionados pelo aumento da temperatura global”, declarou Jurandir.

Também fizeram parte do painel: Alessandra Grangeiro, Gerente de Negócios Industriais e de Zona de Processamento de Exportações – ZPE; Júlio Cavalcante, Secretário executivo de Comércio, Serviço e Inovação na Secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Ceará; Clayton do Carmo,Head of Sales Angola Cables; Silvio Carlos Ribeiro Vieira Lima, Secretário Executivo do Agronegócio na Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Ceará; Altamir Martins, CEO Finobrasa Agroindustrial (Grupo Vicunha).

O Ceará deu o pontapé inicial para tornar-se um importante HUB de produção e exportação de Hidrogênio Verde. A empresa australiana Energyx Energy, assinou memorando para a construção de uma usina de combustível no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP). O investimento deve ser de US$ 5,4 bilhões no projeto, ao longo dos próximos anos.

O Hidrogênio Verde é obtido a partir de fontes renováveis, como a energia solar e a energia solar, sem a emissão de carbono. É produzido através de eletrólise, sendo prática sustentável e já adotada em vários países do mundo. Esta tecnologia está baseada na geração de Hidrogênio — um combustível universal — por meio de um processo químico conhecido como eletrólise. Este método utiliza a corrente elétrica para separar o hidrogênio do oxigênio que existe na água. Por esta razão, se essa eletricidade for obtida de fontes renováveis, então a energia será produzida sem a emissão de dióxido de carbono na atmosfera.

A nova tecnologia, que vem se tornando uma das mais importantes e debatidas no cenário internacional de energia, pode produzir energia limpa aplicada às mais diversas áreas como as industriais, hospitalares e domiciliares, além de poder ser utilizada como combustível para automóveis, contribuindo efetivamente no movimento de descarbonização mundial, entre outros.

O Ceará Global destacou ainda assuntos como “O turismo como estratégia de desenvolvimento econômico” e o “Controle aduaneiro no complexo do Pecém: evolução e desafios”.

Saiba mais
Esta é a quinta edição do Ceará Global. A iniciativa, promovida pela Câmara Setorial de Comércio Exterior e Câmara Brasil-Portugal no Ceará, reuniu empreendedores, investidores, entidades de classe e representantes do poder público.

O Ceará Global Clusters é um evento focado no desenvolvimento dos setores de tecnologia, geração de energia, logística e turismo. O objetivo foi mostrar o “mundo” que existe no Ceará e a presença de produtos e empresas cearenses no mercado internacional.

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

FIEC - Federação das Indústrias do Estado do Ceará
Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024 - CNPJ: 07.264.385/0001-43
Política de Privacidade & Copyright