telefone(85) 4009.6300

IEL Ceará é destaque no Diálogo Econômico do jornal Diário do Nordeste

08/10/2021 - 13h10

O jornal Diário do Nordeste publicou nesta sexta-feira (8/10) uma longa entrevista com a superintendente do Instituto Euvaldo Lodi (IEL Ceará), Dana Nunes. Em duas páginas do periódico, a executiva falou sobre estágio, as transformações no mercado, a importância do lifelong learning e a atuação do IEL para apoiar a evolução de empresas e pessoas. 

A entrevista completa foi disponibilizada no site do jornal. Clique AQUI e acesse o conteúdo.

A seguir, um trecho da entrevista:

Diário do Nordeste - O IEL começou a sua trajetória com uma visão bem focada na supervisão de estágios e hoje possui uma atuação mais abrangente. Quais devem ser os passos do instituto nos próximos 50 anos? O IEL deve ampliar ainda mais a sua abrangência, atuando em mais frentes?

Dana Nunes - Uma novidade que trouxemos em plena pandemia foi o lançamento em setembro de 2020 do Hub de Inovação do IEL, aproximando a indústria cearense de startups e ideias inovadoras.

O Hub tem como objetivo impulsionar a inovação na indústria e promover o desenvolvimento do setor. É um ambiente destinado para empreendedores criarem negócios, trocarem conhecimento e acelerarem a transformação de ideias em produtos e processos inovadores.

Esse primeiro ano do Hub foi marcado por uma atuação muito intensa, com a realização de eventos e ações voltadas à aceleração de startups. Incentivamos também a difusão dos conceitos relacionados à gamificação, como forma de estimular o uso de tecnologias de jogos como um caminho para a inovação e o ganho de competitividade.

Desenvolvemos, por meio do Hub, uma metodologia exclusiva de Gestão da Inovação que vai impulsionar o Hub do IEL Ceará dentro do ecossistema de inovação cearense, fazendo que ele não seja só mais um e sim fazendo a diferença. A metodologia já vem sendo aplicada em um projeto piloto desenvolvido em uma empresa de Juazeiro do Norte, sinalizando a interiorização das ações do Instituto.

Acredito no potencial do Hub e certamente, nos próximos anos, sua atuação será muito mais intensificada.

Outro destaque é que o IEL Ceará foi reconhecido, neste ano, como ICT - Instituto de Ciência e Tecnologia. Com isso, o IEL Ceará abre um leque de novas oportunidades para a instituição apoiar o Ceará e a indústria cearense em várias frentes na geração de novos negócios com base tecnológica, contribuindo para a ampliar sua competitividade.

Diário do Nordeste - Temos observado um movimento cada vez maior de aproximação entre indústria local e as universidades, inclusive vimos isso bem in voga em relação à chegada do hidrogênio verde. Na sua avaliação, a indústria local tem um vínculo próximo com as universidades daqui? Precisamos estreitar ainda mais esses laços? Como isso precisa ser feito?

Dana Nunes - A integração entre os ambientes acadêmico e corporativo tem um potencial muito grande para o desenvolvimento de uma cultura de inovação e de valorização da ciência nas empresas. Ainda estamos aquém do ideal, mas caminhamos a passos largos.

O presidente da Fiec, Ricardo Cavalcante, desde que assumiu em 2019, vem trazendo um fôlego novo a essa integração justamente por entender que esse é um caminho promissor. Ele tem liderado intensamente esse movimento de mostrar para as empresas a necessidade de os empresários abrirem as portas e a mente para a Academia.

Alguns dos sindicatos ligados à Fiec, a exemplo do Sindialimentos, também têm feito esse papel indutor junto às empresas associadas. Destaco também a forte atuação do Conselho Temático de Inovação e Tecnologia (Cointec) da Fiec, sob a liderança de Sampaio Filho, que desde o seu surgimento tem conseguido, ao reunir integrantes do setor industrial e as instituições científicas, tecnológicas e de inovação cearenses, azeitar essa relação e impulsionar editais para projetos de desenvolvimento de produtos e processos inovadores em áreas prioritárias para o Ceará.

Também percebemos um movimento da Academia em direção às empresas em iniciativas como a da Universidade Federal do Ceará (UFC) na criação do Condomínio de Empreendedorismo e Inovação, que vem despontando com a proposta de ser o ponto de conexão da inteligência cearense com o setor produtivo.

O IEL, por meio do programa Inova Talentos, desenvolvido em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), realiza essa conexão há vários anos. A atuação de graduados, mestre e doutores em projetos de pesquisa se transforma em produtos e soluções. O objetivo é ampliar o número de profissionais qualificados em atividades de inovação no ambiente empresarial e incentivar a criação de projetos de inovação nos empreendimentos.

O programa é alicerçado no conceito de que estimular a indústria a manter-se competitiva, diversificada e inovadora é o caminho para o desenvolvimento sustentado do Estado e do país. Inclusive, estamos com edital aberto para inscrições até 2022.

 

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

FIEC - Federação das Indústrias do Estado do Ceará
Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024 - CNPJ: 07.264.385/0001-43
Política de Privacidade & Copyright