telefone(85) 4009.6300

FIEC compõe Comitê Estadual de Enfrentamento à Pandemia do Coronavírus criado no Ceará

16/03/2020 - 11h03

O governador Camilo Santana se reuniu na última sexta-feira (13/3), no Palácio da Abolição, com os presidentes dos poderes Legislativo e Judiciário para avaliar as ações de prevenção e combate ao coronavírus no Ceará. Durante o encontro, o governador assinou o decreto que cria o Comitê Estadual de Enfrentamento à Pandemia do Coronavírus no Ceará. A Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) é uma das 25 entidades/órgãos que compõem a Comissão, junto com Assembleia, Tribunal de Justiça, Ministério Público Estadual, Ministério Público Federal, Tribunal de Contas do Estado, Ministério Público do Trabalho, Tribunal Regional do Trabalho, OAB, Justiça Federal, Defensoria Pública, Prefeitura de Fortaleza, Aprece, Uece, UFC, Fecomércio, Acert, CDL, Anvisa e as secretarias da Saúde, Casa Civil, Segurança, Proteção Social, Educação e Administração Penitenciária.

A partir de agora, o comitê se reunirá permanentemente para avaliar o quadro no estado, no país e no mundo, e traçar estratégias e ações para combater os efeitos do coronavírus no Ceará. “Essa é uma iniciativa que reúne os três poderes, diversos órgãos e a sociedade civil com o objetivo de tomar iniciativas que visam minimizar os efeitos do coronavírus no estado do Ceará”, citou o governador Camilo Santana.

Casos
De acordo com o boletim divulgado neste domingo (15/3) pela Sesa, o Ceará confirmou os três primeiros casos de Covid-19. Todos de pacientes que estiveram recentemente em viagens internacionais. 

Secretariado
Na tarde de sexta-feira (13/3), o governador já havia se reunido com os secretários de Estado e presidentes dos órgãos vinculados para tratar sobre o Plano Estadual de Contingência em relação ao coronavírus no Ceará, e discutir as medidas de prevenção em cada pasta estadual. “Estamos nos antecipando para evitar a propagação do vírus. Queremos que todos os órgãos públicos do Estado façam o dever de casa para minimizar os riscos da doença no Ceará”, citou o governador Camilo Santana.

Entre as medidas adotadas pelo governo, a liberação de R$ 45 milhões para todas as ações necessárias pela Secretaria da Saúde, como compra de material de diagnóstico e suplementação de insumos hospitalares para tratamento de pacientes, além da ampliação de leitos de retaguarda e de UTI. De imediato serão 200 enfermarias e 30 leitos de UTI. Serão preparados 14 equipamentos estaduais de saúde para atendimento de pacientes, sendo 5 hospitais em Fortaleza, 3 hospitais regionais e 7 UPAS.

Além disso, um plano de comunicação será utilizado em todos os equipamentos públicos do Estado do Ceará, com a distribuição de cartilhas de prevenção – cuidados básicos para reduzir o risco de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas; quais os principais sintomas; e canais de comunicação em casos de suspeita. As informações estarão disponíveis, ainda, em todos os sites e redes sociais das secretarias e órgãos vinculados, para facilitar o acesso do cidadão.

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

  • CENTRO INTERNACIONAL DE NEGÓCIOS: Facebook
Sistema FIEC - Sistema Federação das Indústrias do Estado do Ceará
Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024
POLÍTICA DE PRIVACIDADE & COPYRIGHT