telefone(85) 4009.6300

Zoneamento Ecológico Econômico da costa do Estado do Ceará é debatido em encontro na FIEC

05/03/2020 - 12h03

O Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria do Meio Ambiente (Sema) em parceria com a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), apresentou na manhã desta quinta-feira, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Ceará, o prognóstico do Zoneamento Ecológico Econômico da Zona Costeira do Estado (ZEEC) a representantes do setor econômico.

O estudo envolve 23 municípios, localizados nas regiões da Costa Oeste, Leste, Extremo Oeste, além de Fortaleza e Região Metropolitana, ao longo de 573 km de litoral. O objetivo é o desenvolvimento econômico e social da zona costeira cearense, através do planejamento ordenado do uso e ocupação do território. O ZEEC vai orientar as políticas públicas, os investimentos privados e a utilização do litoral com garantias de proteção ambiental.

Ao longo de 2019, uma série de reuniões e seminários foram realizados em diferentes municípios, com a intenção de debater o assunto com a população. Proprietários de restaurantes, bares, pousadas, hotéis, pescadores, agricultores, comerciantes e pessoas que exercem outras atividades econômicas foram convocados a opinar.

Agora, a Sema dá seguimento aos trabalhos com a etapa de Prognóstico, que envolve a construção de cenários tendenciais e desejáveis, das unidades de intervenção, no território da Zona Costeira Cearense. A ideia é que sejam construídos cenários, considerando o histórico dos dados levantados, e a situação das unidades homogêneas, de acordo com suas potencialidades e fragilidades, ecológicas e socioeconômicas. “Por meio do Prognóstico, por exemplo, será possível definir o que são áreas de preservação permanente (APPs), áreas frágeis ou áreas estáveis”, explica Artur Bruno, titular da Sema.

O secretário abriu o evento agradecendo a participação do setor produtivo em todo o processo do ZEEC. "Quero agradecer à FIEC e às demais federações de empresários que têm ajudado muito a Sema. Formamos vários grupos de trabalho com a presença de representantes de sindicatos e de advogados da área ambiental, o que às vezes é um debate duro, mas sempre encontramos o melhor caminho, com bom senso e atenção. Crescimento economico e defesa do meio ambiente são duas coisas fundamentais no mundo".

O diretor financeiro da FIEC, Edgar Gadelha, participou do evento e ressaltou a importância da iniciativa. "Ficamos muito felizes em sediar este encontro. A FIEC tem fomentado importantes discussões sobre Economia do Mar. O ZEEC é fundamental para o Ceará, e mais ainda mais este setor", disse.

A programação contou com a contribuição dos professores Marcos Nogueira, doutor em geografia, que apresentou os aspectos geoambientais do ZEEC, e Eduardo Fontenele, doutor em economia, que tratou dos aspectos socioeconômicos. "O Zoneamento se destina a subsidiar o pode publico e a sociedade para ações de monitoramento, licenciamento, fiscalização e gestão, priorizando, evidentemente, a conservação da natureza e a preservação dos recursos naturais", destacou Nogueira.

Ao final das apresentações, o público presente fez comentários, sugestões e tirou dúvidas.

Saiba mais
O ZEEC é uma iniciativa do Governo do Estado do Ceará, por meio da Sema, em parceria com a Superintendência do Meio Ambiente (Semace). O principal objetivo, considerando as características ambientais e as dinâmicas socioeconômicas, é estabelecer diretrizes de ordenamento e de gestão do Litoral cearense.

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

  • CENTRO INTERNACIONAL DE NEGÓCIOS: Facebook
Sistema FIEC - Sistema Federação das Indústrias do Estado do Ceará
Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024
POLÍTICA DE PRIVACIDADE & COPYRIGHT