telefone(85) 4009.6300

Sessão Solene comemora os 100 anos do Centro Industrial do Ceará

11/12/2019 - 15h12

A Câmara Municipal de Fortaleza realizou Sessão Solene, nesta terça-feira (10/12), em comemoração aos 100 anos do Centro Industrial do Ceará (CIC). A solenidade foi proposta pela vereadora Priscila Costa (PRTB), através do requerimento 5119/2019, aprovado por unanimidade pelo plenário da Casa Legislativa. A sessão foi presidida pela vereadora Priscila Costa, no ato representando o presidente da Câmara, Antônio Henrique (PDT). A mesa de honra foi composta presidente do CIC, André Siqueira; pela presidente em exercício do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE), Maria Nailde Costa; pelo assessor do superintendente estadual do BNB, Franzé Silveira; e pelo ex-presidente do CIC, Aloísio Ramalho Filho.

Em sua saudação aos presentes, a vereadora Priscila Costa, observou que 100 anos só acontece uma vez. “Hoje vivemos essa comemoração histórica de uma entidade que tanto fez por nossa economia, Queremos reconhecer o empenho, a história, seu legado construído no Ceará e o relevante papel do Centro para o desenvolvimento sustentável, gerando renda, emprego e formando gestores qualificados ao longo desses anos”, frisou.

Segundo a parlamentar, nesse início do século XXI, o Brasil enfrenta enormes desafios no novo mundo do trabalho, e principalmente diante da competitividade global, onde existe a necessidade de agregar a tecnologia digital. “O CIC criou o programa de eficiência do nível de negócios do Estado com o uso dos recursos do mundo digital e compartilhamento de ações dos três níveis de governo e do setor produtivo, diante das demandas existentes. O presidente André Siqueira me apresentou o programa que tem fomentado que pessoas simples trabalhem com avicultura e essas pessoas estão gerando suas próprias rendas. Esse projeto tem grande valor para grandes e pequenos, pois quando alguém canaliza sua energia na atividade industrial, ele está dando oportunidade de gerar empregos para famílias que estão sendo transformadas. Vemos muitas críticas aos empresários, colocando-os como vilões, mas o remédio para a pobreza é a riqueza. Produzir riqueza é uma vocação e vejo a importância do CIC em fomentar isso. Hoje depois de 100 anos podemos contemplar um grande legado, por isso parabenizo a todos que fazem a entidade”, concluiu.

Após receber um certificado pelos 100 anos do CIC, o presidente André Siqueira fez os agradecimentos em nome da entidade. “Colocamos toda nossa energia para a geração de negócios, o CIC passou a ser o guardião da bandeira dos que querem empreender. Estamos no Ceará para propor que o Governo olhe para o lado de quem empreende. No país é muito difícil manter uma empresa regular, mas não queremos criticar, e sim contribuir para melhorar o ambiente de negócios no país”, comentou.

Siqueira pontuou que recebeu com imensa alegria o convite para que o CIC pudesse se congratular com a cidade de Fortaleza pelos seus 100 anos. “Não estou aqui apenas em meu nome, mas representando todos que fazem parte da organização social. Quero expressar minha gratidão à vereadora Priscila Costa pela homenagem, e em vosso nome e em nome do presidente Antônio Henrique, quero saudar todos os vereadores”, asseverou em sua fala inicial.

“Parafraseando Adolfo Marinho, eu digo que o futuro chegou. A frase simples remete a uma de suas obras mais recentes que fala da cidade de Fortaleza como a maior invenção da humanidade. Abençoada por Deus e presenteada com uma natureza exuberante, com cursos d’água, lagoas, ventos e intensa luz solar, lhe dá fonte de energia sem prazo de validade. Somos responsáveis para distribuir os dados por fibra ótica para quatro continentes. Estamos distantes 5 mil km dos Estados Unidos e da Europa. Na economia, o PIB e Fortaleza supera os de estados como Piauí, Alagoas e Paraíba. Além disso, sua região de influência é da terceira em população, mas a população economicamente ocupada é de apenas 32%, com renda media de meio salário-mínimo”, detalhou.

O presidente do CIC afirmou que mais do que números, o texto chama a atenção para a situação da capital de todos os cearenses. “Fortaleza é uma senhora de economia pujante e de uma classe sedenta por mais oportunidades. Eu digo que o futuro chegou e está na hora de sermos protagonistas. O CIC que ser parceiro de Fortaleza tal qual fizemos com o Estado. Hoje temos uma diretoria jovem que criou um programa para aumentar a potencialidade dos que empreendem e produzem renda. Nesse momento que recebemos essa simbólica e honrosa homenagem, queremos retribuir assumindo um compromisso de trabalhar para transformar Fortaleza numa cidade economicamente ativa com força capaz de elevá-la ao patamar que acreditamos ser seu lugar no futuro. Rogo ao povo alencarino que sejamos sábios e façamos nascer nas urnas uma liderança politica atenta aos nossos sonhos empreendedores. Agradeço a todos pela presença e agradecemos a Câmara pela homenagem,” finalizou.

CIC
Fundado em 27 de julho de 1919, o CIC é uma sociedade civil sem fins lucrativos constituída por pessoas físicas e jurídicas que exercem atividades indústrias ou afins. Tem o objetivo de coordenar e defender, de forma articulada coa a Fiec, os interesses das indústrias, bem como promover a difusão de conhecimentos essenciais a competitividade do setor produtivo cearense. Além disso, busca o desenvolvimento econômico-social sustentado do Ceará, incluindo o contexto regional e nacional, participando da discussão e formulação das politicas propostas.

Fonte: Câmara Municipal de Fortaleza

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

  • CENTRO INTERNACIONAL DE NEGÓCIOS: Facebook
Sistema FIEC - Sistema Federação das Indústrias do Estado do Ceará
Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024
POLÍTICA DE PRIVACIDADE & COPYRIGHT