telefone(85) 4009.6300

Otimismo do empresário da construção volta a cair

03/07/2019 - 13h07

As expectativas em relação ao Nível de Atividade no segmento da construção no Ceará para os próximos seis meses apresentaram queda de 6,7 pontos, com o indicador alcançando 50,8 pontos em junho. O resultado reverteu boa parte do crescimento apresentado no mês anterior, quando houve crescimento de 17 pontos. Os dados são da pesquisa Sondagem da Construção, realizada pelo Observatório da Indústria da Federação das Indústrias do Estado do Ceará – FIEC, em parceria com a Confederação Nacional da Indústria.

Por outro lado, a Utilização da Capacidade Operacional atingiu 63% em maio, representando o menor nível de ociosidade de 2019. Além disso, esse foi o melhor resultado para o mês de maio desde o início da série histórica, em setembro de 2014. O Nível de Atividade segue apresentando retração, marcando 43,5 pontos em maio. O Nível de Atividade Efetiva e Nível de Emprego em relação a abril também apresentaram queda, continuando abaixo dos 50 pontos.

Nem todos os indicadores de expectativas paras os próximos seis meses foram positivos: a Intenção de Investimentos apresentou queda em relação ao mês anterior e a Compra de Matérias Primas e Insumos voltou a ficar abaixo do limiar de 50 pontos, indicando pessimismo para esse indicador nos próximos seis meses. Já as expectativas em relação ao Nível de Atividades, Número de Empregados e Novos Empreendimentos e Serviços se mantiveram positivas em junho.

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

  • CENTRO INTERNACIONAL DE NEGÓCIOS: Facebook
Sistema FIEC - Sistema Federação das Indústrias do Estado do Ceará
Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024
POLÍTICA DE PRIVACIDADE & COPYRIGHT