Diplomatas do Instituto Rio Branco encerram visita ao Ceará em ida ao Museu da Indústria

01/02/2018 - 16h02

Após de três dias de visita, o grupo de 30 diplomatas do Instituto Rio Branco encerrou a programação no Ceará em ida ao Museu da Indústria, do Serviço Social da Indústria (SESI/CE). A visita ao Estado é fruto da parceria entre a escola diplomática e a Confederação Nacional da Indústria (CNI), com articulação do Centro Internacional de Negócios da FIEC.

Em visita ao museu eles conhecerem as duas exposições em cartaz no equipamento, “História da Industrialização do Ceará” e “Carnaúba – Árvore da Vida” e, ainda, sobre a história do prédio. Como disse a coordenadora pedagógica do Museu da Indústria, Patrícia Xavier, é um espaço que tem forte relação com a história de Fortaleza, que é parte da cultura do Ceará.

A gerente do Centro Internacional de Negócios da FIEC, Karina Frota, avaliou a visita ao Ceará como um momento muito rico, por proporcionar uma bagagem de história e economia para essas pessoas. “Entre os ganhos desse momento, mostrar para eles o lado empresarial, somado às limitações e desafios que a indústria enfrenta para se tornar um vetor de economia consistente para o Estado, visto que isso finda por suprir uma preocupação nossa, que trabalhamos com a área internacional e sabemos que esses profissionais muitas vezes têm uma visão mais acadêmica que prática”, destacou Karina.   

Marina Soares, diplomata em formação integrante do grupo, não conhecia o Ceará e disse ter sido uma experiência única e agregadora. “Eu não tinha ideia da dimensão do Estado, de sua economia. É extremamente importante para nossa formação saber as especificidades de cada estado, principalmente do ponto de vista econômico”, ressaltou.

Saiba mais sobre as exposições em cartaz no Museu da Indústria
A exposição “Carnaúba – Árvore da vida” conta a história da planta, seus usos e o papel no desenvolvimento do Ceará desde a década de 1940, em painéis de imagens, textos, expositores e maquetes mostra a importância da carnaúba para o estado. A exposição, co-patrocinada pela SC Johnson, passeia por aspectos botânicos, geográficos e de história para valorizar a carnaúba como símbolo do estado e fortalecer o sentimento de pertence dos cearenses com seu patrimônio histórico e natural. Já a exposição “História da Industrialização do Ceará” é um convite a uma viagem no tempo e mostra a rica e fascinante história da industrialização cearense, iniciada com o ciclo do couro até os dias atuais.

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

Sistema FIEC - Sistema Federação das Indústrias do Estado do Ceará
Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024
POLÍTICA DE PRIVACIDADE & COPYRIGHT