FIEC e PWC de Portugal lançam coletânea de estudos sobre Economia do Mar

29/01/2018 - 16h01

A Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) foi escolhida pela PricewaterhouseCoopers & Associados de Portugal para lançar estudos inéditos no Brasil sobre o setor de Economia do Mar. Parte da coletânea de estudos que será lançada chama-se  Leme: Barômetro PWC da Economia do Mar (Ceará). O lançamento, em parceria com a empresa que presta serviços profissionais de auditoria, fiscalidade e assessoria de gestão orientados por indústria, acontecerá na próxima quinta-feira, 1/2, às 14h30, na Sala VIP (cobertura da sede da FIEC), em Fortaleza, com a presença de especialistas que ajudaram a elaborar o estudo das Rotas Estratégicas, do presidente da FIEC, Beto Studart, e do representante da PWC de Portugal, Miguel Marques.

O estudo utilizou dados das Rotas Estratégicas de Economia do Mar, documento do Programa para o Desenvolvimento da Indústria da FIEC, lançado durante evento no último mês de outubro na FIEC. As informações serviram para produzir um dos trabalhos da coletânea.

Depois da entrega dos resultados da Rota Estratégica, o líder do Programa para o Desenvolvimento da Indústria, Sampaio Filho, esteve em Portugal em novembro, por ocasião da missão à Web Summit, e reuniu-se com o responsável pelo Projeto de Economia do Mar naquele país e pertencente à equipe global de especialistas em Economia do Mar da PWC, Miguel Marques.

No encontro, ele conheceu as Rotas Estratégicas de Economia do Mar.  Sampaio lembra que uma segunda reunião foi feita também em novembro, agora no Brasil, e o representante gostou tanto do que viu sobre o Programa para o Desenvolvimento da Indústria que resolveu incluir no estudo dados das Rotas. O convite foi feito agora em janeiro já com a previsão de realização do evento. Na ocasiões, a instituição portuguesa elogiou o trabalho realizado pela FIEC tendo à frente o presidente Beto Studart. "A PWC ressalta a relevância das rotas como um trabalho pioneiro no País", Miguel Marques.

De acordo com o economista da FIEC e que faz parte da equipe do Programa para o Desenvolvimento da Indústria, Guilherme Muchale, o estudo, juntamente com as Rotas, é um um aquecimento para o evento Masterplan de Economia do Mar que acontecerá no próximo mês de abril. "O evento em conjunto com a PWC servirá para discutir informações e estratégias de Economia do Mar já preparando a agenda prioritária para o Masterplan com 60 ações refinadas das propostas validadas por especialistas na Rota Estratégica de Economia do Mar ano passado. Esse trabalho em conjunto com a PWC é de suma importância porque o setor é carente de dados no Brasil", esclareceu.

Dados da Economia do Mar
No estudo socioeconômico, entregue aos especialistas durante o painel da Rota Estratégica realizada em abril de 2017, a Economia do Mar foi dividida em quatro grupos: indústria naval, recursos oceânicos, serviços marítimos e alimentos do mar. A zona econômica exclusiva do Brasil é a 11º maior do mundo, correspondendo a 40% do território brasileiro. No Ceará, são 275 estabelecimentos, com 5.573 empregos gerados, colocando o estado em 8º lugar no país. Os municípios com maior atividade são Aracati (32%), Fortaleza (21,1%) e Acaraú (12,2%).

A maioria das empresas cearenses do segmento são de pequeno porte (32%). Em relação à remuneração, o Ceará aparece em 11º, com salários de R$2 mil, em média. Apenas 7% dos trabalhadores têm nível superior concluído no Ceará, diante de 18% da média brasileira. Quanto a ativos de pesquisa e desenvolvimento, o Ceará é o 5º do país, com 652 matrículas. Dessas, 200 estão em Fortaleza e as outras distribuídas em Acaraú, Tabuleiro, Aracati e Morada Nova. São 13 cursos de graduação, 29 opções de pós graduação e 38 grupos de pesquisa. A distribuição geográfica está alinhada aos empregos gerados.

Rotas Estratégicas
O projeto Rotas Estratégicas Setoriais tem o objetivo de construir coletivamente, com especialistas da academia, setor produtivo e governo, caminhos possíveis de desenvolvimento para os segmentos e áreas estratégicos, com a identificação de entraves existentes, ações resolutivas estratégicas e tecnologias-chaves para a competitividade do setor, ilustrados em mapas chamados de roadmaps. No total, a FIEC entregou oficialmente à sociedade  os resultados das Rotas Estratégicas - Energia, Eletometalmecanico, Construção e Minerais Não Metálicos, Saúde, Água, Logística, TIC, Indústria Agroalimentar, Biotecnologia, Produtos de Consumo (calçados, confecções e móveis), Economia do Mar, Turismo & Economia Criativa, Meio Ambiente – todos já disponibilizados também no site da FIEC. Todo essa trabalho é desenvolvido no âmbito do Programa para Desenvolvimento da Indústria.

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

Sistema FIEC - Sistema Federação das Indústrias do Estado do Ceará
Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024