telefone(85) 4009.6300

Trabalhadores da Grendene visitam Museu da Indústria pelo programa "Dia no Museu"

05/07/2016 - 16h07

Oitenta e oito trabalhadores da indústria Grendene visitam na próxima quarta-feira (6/7) o Museu da Indústria, equipamento do Serviço Social da Indústria (SESI/CE), instituição pertencente à Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC). A visita faz parte do projeto “Dia no Museu”, oportunidade para fazer uma viagem no tempo e conhecer a rica e fascinante trajetória da indústria cearense e da cidade de Fortaleza. Os trabalhadores compõem a terceira turma de visitantes do projeto, promovido pelo equipamento para levar trabalhadores a conhecer um pouco mais a história do segmento. Eles visitarão a exposição de longa duração “História da Industrialização do Ceará”.

A expectativa é levar 2000 trabalhadores das indústrias do Ceará ao museu durante a realização do projeto, que foi desenvolvido para proporcionar aos trabalhadores da indústria um momento de diversão, cultura e conhecimento e estreitar o relacionamento com os trabalhadores da indústria e seus dependentes. Os trabalhadores participam de turmas de Educação Básica, serviço oferecido pelo SESI in company.

Museu da Indústria

O grupo visitará a exposição de longa duração “História da Industrialização do Ceará”, que retrata o desenvolvimento econômico do estado desde o período colonial até os dias atuais e a mostra fotográfica “Trilhos”, uma viagem ao passado de Fortaleza, por meio de 32 fotografias, com imagens de ruas onde foram construídos trilhos de bondes entre 1880 e 1912.

Ao longo da exposição, estão presentes as peças do acervo físico, doado em sua maioria por indústrias cearenses, integrando o ambiente e formando uma atmosfera que transporta o visitante para as épocas das grandes prensas e máquinas de costura para couro, monótipos, linotipos etc.

Além disso, o visitante terá a oportunidade de conhecer um prédio histórico construído em 1871, totalmente restaurado, e perceber as relações do edifício com a história e crescimento urbano de Fortaleza. Imperioso desde sua construção, o edifício foi erguido no final do século XIX, ainda durante o governo de Dom Pedro II. Sua primeira ocupação foi como sede da Sociedade União Cearense, primeiro clube da capital e ponto de encontro da sociedade cearense de então. Com o passar dos anos, o histórico do prédio trouxe outros usos, funcionando como Grande Hotel do Norte; sede dos Correios, dos idos de 1895 a 1935; e ainda sede da The Ceará Tramway Light & Power Co. Ltda., empresa inglesa de energia que controlava a distribuição de energia elétrica e iluminação pública e ainda controlava o serviço de bondes a tração elétrica de Fortaleza. Foi tombado pelo Governo do Estado em 1995, através do decreto n. 23.829, de 29.08.1995 e comprado pelo SESI em 2001, passando por uma restauração a partir de 2005.

 

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

FIEC - Federação das Indústrias do Estado do Ceará
Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024 - CNPJ: 07.264.385/0001-43
Política de Privacidade & Copyright