telefone(85) 4009.6300

SENAI Departamento Nacional e SENAI UNITEC promovem reunião de negócios com a Associação Nacional dos Fabricantes de Cerâmica para Revestimentos

22/11/2022 - 15h11

Nesta quinta-feira, 17/11, o SENAI (Departamento Nacional) e a Unidade de Inovação e Tecnologia do SENAI Ceará (UNITEC), promoveram uma reunião de negócios com representantes da Associação Nacional dos Fabricantes de Cerâmica para Revestimentos, Louças Sanitárias e Congêneres (ANFACER), para tratar da formação de alianças com as indústrias associadas a ANFACER, a fim de aderirem à chamada temática Missão Industrial ESG: Brasil + Consciente.

Fundada em 1984, a ANFACER representa, institucionalmente, a indústria brasileira de cerâmica, promovendo seu desenvolvimento, competitividade e ampliação de mercado para seus produtos.

Estavam presentes na reunião, pela ANFACER: Maurício Borges (presidente executivo), André Soares (diretor executivo) e Anderson Vieira (consultor). Pelo SENAI-DN, participaram Paula Nadai e Luís Gustavo Delmont (especialistas de Desenvolvimento) e pela UNITEC, participaram Tarcísio Bastos (gerente Executivo), Cristhiane Luna (coordenadora) e Camylla Melo (especialista).

O diálogo e a pauta foram direcionados para a necessidade de transição energética, apontada pela ANFACER, pois, atualmente, o setor cerâmico é o 2º maior consumidor de gás natural no Brasil.

Maurício Borges destacou a necessidade de o setor cerâmico substituir a energia proveniente do gás natural por uma fonte de energia renovável a partir da biomassa, pois seu processo de conversão em energia é muito menos nocivo ao meio ambiente e mais viável economicamente.

Em seguida, Tarcísio Bastos contextualizou o cenário econômico favorável no Estado do CE para a questão da transição energética, onde o governo estadual já assinou 24 memorandos de entendimento relacionados ao projeto, que traz protagonismo para o Ceará como principal produtor de energia renovável do país, a partir de fontes renováveis como a solar, eólica onshore e offshore e H2V. 

Dando continuidade, Paula Nadai apresentou a proposta da missão industrial ESG, que tem como objetivo formar alianças entre grandes/médias indústrias e elos da cadeia produtiva que tenham desafios em comum, associados aos pilares ESG, e queiram compartilhar recursos para buscar soluções inovadoras, em parceria com a Rede de Institutos SENAI, através do desenvolvimento de projetos de inovação capazes de solucionar Desafios de Alto Impacto Ambiental e Social.

“A proposta da Missão Industrial ESG é de torná-la um modelo atrativo de chamada pública, onde se trabalha inovação aberta na veia, oportunizando a participação de vários stakeholders na construção do modelo de soluções convergentes aos desafios propostos,” ressaltou Paula Nadai.

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

ESG: Governança Ambiental, Social e Corporativa - Environmental, Social, and Corporate Governance

Ambiental

6 Água potável e saneamento 7 Energia acessível e limpa 9 Indústria, inovação e infraestrutura 11 Cidades e comunidades sustentáveis 12 Consumo e produção responsáveis 13 Ação contra a mudança global do clima 14 Vida na água 15 Vida terrestre

Social

1 Erradicação da pobreza 2 Fome zero e agricultura sustentável 3 Saúde e bem-estar 4 Educação de qualidade 5 Igualdade de gênero 6 Água potável e saneamento 8 Trabalho decente e crescimento econômico 9 Indústria, inovação e infraestrutura 10 Redução das desigualdades 12 Consumo e produção responsáveis 16 Paz, justiça e instituições eficazes

Governança

5 Igualdade de gênero 8 Trabalho decente e crescimento econômico 9 Indústria, inovação e infraestrutura 11 Cidades e comunidades sustentáveis 12 Consumo e produção responsáveis 13 Ação contra a mudança global do clima 16 Paz, justiça e instituições eficazes 17 Parcerias e meios de implementação
FIEC - Federação das Indústrias do Estado do Ceará
Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024 - CNPJ: 07.264.385/0001-43
Política de Privacidade & Copyright