telefone(85) 4009.6300

Imersão ao ecossistema de Barcelona aborda transformação digital e indústria do futuro, na teoria e na prática

15/09/2022 - 15h09

No quarto dia da imersão ao ecossistema de Barcelona, promovido pela Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), por meio do Instituto Euvaldo Lodi (IEL Ceará), em parceria com a Universidade La Salle, os participantes se aprofundaram na temática da transformação digital e indústria do futuro, compreendendo conceitos e aplicando, na prática, ferramentas para incrementar a inovação nas empresas para fazer frente a cenários de mudança intensa. Ao final do dia, foi feita uma visita ao DFactory, um hub de serviços e tecnologias focado na promoção e desenvolvimento da Indústria 4.0. 

A programação teve início com a aula de Jordi Garrido, especialista em transformação digital, que proporcionou várias reflexões importantes sobre o processo de digitalização. Além disso, o especialista orientou a aplicação de ferramentas focadas em B2B e em B2C em casos reais de empresas. Para a superintendente do IEL Ceará, Dana Nunes, foi um momento importante para desmistificar vários conceitos sobre a transformação digital.

“O especialista nos mostrou a importância do processo de digitalização, nos fazendo entender que é preciso um planejamento e uma governança bem definida para que ele aconteça. Não é simplesmente querer fazer. É a vontade de fazer alinhada a uma estratégia, sabendo exatamente que transformações essa estratégia vai trazer e gerando a melhor experiência para o cliente. Esse é o ponto crucial. Não adianta querer inovar e fazer qualquer processo, se não olhar verdadeiramente para o cliente, para gerar a melhor experiência para ele”, destacou Dana Nunes.

A imersão seguiu com uma aula de Martin Cesar Loungobuco, especialista referência em Saúde e Segurança no Trabalho, que abordou a inovação nos serviços relacionados à área. Em seguida, houve um momento dedicado à reflexão sobre o papel da inovação tecnológica nos novos modelos de negócios, conduzido pela especialista Isabel Bellot. Ela apresentou tendências tecnológicas na economia mundial, como o metaverso, e mostrou exemplos concretos da aplicação dessas tendências, com a participação inclusive de alguns empresários, que puderam experimentar alguns desses exemplos. 

Por fim, o dia foi concluído com uma visita ao DFactory, um centro focado na promoção e desenvolvimento da Indústria 4.0, por meio de um ecossistema de atração de talentos, tecnologias e investimentos em um único espaço. Localizado na zona portuária da cidade, o  projeto ocupa uma área de cerca de 100 mil m² e é fruto de um investimento total de 100 milhões de euros, reunindo as tecnologias próprias da Indústria 4.0 e as conectando a grandes, médias e pequenas empresas, além de startups.   

O objetivo principal do DFactory é impulsionar o setor produtivo espanhol e apoiar as empresas durante o seu processo de transformação digital. Lá, coexistem, num mesmo ambiente, três atores principais: empresas que ofertam soluções digitais, empresas que estão implementando a transformação digital e empresas de tecnologia que agilizam e facilitam processos, gerenciando laboratórios compartilhados.

A proposta de servir de “nave industrial do século XXI” se manifesta na própria estrutura do centro, que se caracteriza por uma arquitetura que conjuga formas típicas da indústria e soluções sustentáveis. O DFactory é gerenciado pelo Consórcio da Zona Franca de Barcelona (CZFB).

“É um espaço muito disruptivo, com muita tecnologia, onde é possível realizar aplicações tecnológicas diversas. Todas as empresas que querem ter acesso à tecnologia e ao desenvolvimento de novas ideias têm a oportunidade de demandar uma solução e a solução sair pronta. Eles contam com todo o processo em 3D, de prototipação até o produto final. É um modelo espetacular, que mostra que, de fato, quando o ecossistema se une, as coisas acontecem. Encerramos o dia mostrando que tudo o que a gente está vendo de conteúdo, essas grandes transformações que o mundo traz, é possível aplicar e Barcelona é exemplo real disso”, resumiu a superintendente.

 

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

FIEC - Federação das Indústrias do Estado do Ceará
Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024 - CNPJ: 07.264.385/0001-43
Política de Privacidade & Copyright