telefone(85) 4009.6300

Encontro de Negócios do FIEC Summit fomenta projetos e oportunidades para empresas interessadas na produção de hidrogênio verde

03/08/2022 - 20h08

O I FIEC Summit, evento idealizado e organizado pela Federação da Indústrias do Estado do Ceará (FIEC)  para impulsionar o desenvolvimento social e econômico do Estado, estimulando a competitividade, a formação continuada e a adoção de práticas inovadoras e sustentáveis, começou nesta quarta-feira (03/08).  Dentro de sua programação, está o Encontro de Negócios, coordenado pelo Centro Internacional de Negócios (CIN) da FIEC.

Em seu primeiro dia, o Encontro de Negócios reuniu 6 empresas-âncoras. A AES; Engiee; Fortescue; Qair; Transhydrogen; e White Martins/Lindt, que estiveram em diferentes mesas recebendo empresários com o propósito de implementar projetos relacionados ao hidrogênio verde (H2V) no Ceará e oferecer oportunidades de parcerias.Todas elas possuem memorandos de entendimento assinados com o Governo do Estado para produção de energia limpa no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP).

Na ocasião, as 6 empresas-âncoras tiveram a oportunidade de fomentar seus negócios com 29 empresas inscritas para o encontro, entre fornecedoras e prestadoras de serviço. A expectativa é que sejam realizadas 70 reuniões entre as empresas-âncoras e as 29 inscritas durante os dois dias de evento. A programação concentra a realização de reuniões rápidas com agendamento feito previamente. 

Para a Gerente do CIN, Karina Frota, além de fomentar o investimento em hidrogênio verde, a idealização do encontro também foi criada para promover o network entre empresas multinacionais que desejam fechar negócios. “A participação no encontro impulsiona a capacidade de estabelecer conexões entre empresas e/ou instituições. Além disso, incentiva a formação de uma rede de contatos e o compartilhamento de serviços e informações. Quanto mais interação, maiores são as oportunidades de negócio”, afirmou Karina.

Segundo Laís Bertozo, Assessora Especial do CIN, “o Encontro de Negócios do I FIEC Summit está inovando e promovendo oportunidades de parcerias e negócios que visam proporcionar o Ceará como um grande ator na produção de H2V. Também queremos trabalhar a favor da cadeia de valor do hidrogênio verde e o que as empresas precisarão na instalação de seus negócios”, salientou Bertozo.

Empresas-âncoras participantes

Para as empresas-âncoras convidadas, iniciativas como esta representam o quanto o Ceará está investindo e apostando em energias renováveis, além da força que o hidrogênio verde possui para transformar o futuro.

Os representantes das empresas-âncoras AES, do ramo de geração de energia, e a Qair, que trabalha no segmento de energia eólica, solar e H2V, elogiaram a iniciativa da FIEC e do Centro Internacional de Negócios.

Para a Project Manager e Analista sênior de Novos Negócios da AES, Amanda Loureiro, que participou via conferência, está sendo enriquecedor ter a oportunidade de conhecer, até agora, 4 grandes empresas de diferentes segmentos. “Todas as empresas têm relação direta com as atividades da AES e isso abre uma nova aproximação. Muitas empresas estão no Ceará e o contato que está sendo feito vai se prolongar por anos de parceria”, afirmou Amanda.

Segundo Gustavo Silva, Diretor de Operações da Qair, a expectativa é a melhor possível. “A FIEC conseguiu fazer um programa extremamente interessante e, principalmente, conseguiu atrair interesses de empresas com relevância no setor. hidrogênio verde é algo novo para todo o mundo, mas ainda não existe um modelo de larga escala em operação. Então, esses encontros permitem obtermos informações e entendermos melhor como o mercado vai se desenvolver”, ressaltou o diretor.

Ainda de acordo com Gustavo Silva, que representa uma subsidiária brasileira do grupo Qair Internacional, de origem francesa, com operações em 17 países e mais de 30 anos de atuação no mercado de energias renováveis, estar entre um grupo tão seleto de empresas convidadas é um privilégio. “Quero parabenizar a FIEC e o Governo do Estado do Ceará por fomentar a criação de um HUB de hidrogênio que vai ajudar, direta e indiretamente, os nossos projetos”, concluiu.

Atualmente, a Qair Brasil está trabalhando no desenvolvimento e implantação de mais de 600MW em capacidades renováveis. No Ceará, o complexo eólico e solar fotovoltaico Serrote e sua expansão, Serra do Mato, juntos, vão possuir capacidade de cerca de 320 MW de energia eólica e 101 MW de energia solar.

Empresas participantes inscritas 

As empresas Tecer Terminais Portuários, que atua como prestadora de serviço operacional no Complexo Industrial do Porto do Pecém, viabilizando soluções para movimentação de diferentes tipos de carga que passam pelo terminal; e a Utilitas Pecém (UTL), que tem um projeto para reuso de água para o processo de H2V, estavam entre as 29 inscritas.

Na opinião do Gerente Comercial da Tecer, Carlos Alberto Nunes, o encontro abre oportunidades para as empresas que estão apostando em energias renováveis. “A nossa expectativa é muito boa em relação à implantação dessas indústrias no Ceará, apoiando-as tanto na exportação, como também ajudando as indústrias que estão na região migrando para essa nova tecnologia”, relatou Nunes.

Já para a Gerente Técnica e Comercial da UTL, Daniela Telles, é uma grande oportunidade estar à frente de empresas que estão trazendo novas tecnologias para a implantação do hidrogênio verde e, principalmente, conhecer as oportunidades para o futuro. “A matéria-prima do H2V é a água e estamos com um arrojado projeto para tratar os efluentes sanitários da Região Metropolitana a nível de água de reuso”, explicou a Gerente.

Segundo ela, a água será enviada para o Porto do Pecém, onde serão feitos os tratamentos necessários para se obter água desmineralizada. “Temos a solução para a melhoria da saúde pública, promovendo o reuso do efluente que deixará de ser enviado ao mar”, concluiu Telles.

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

FIEC - Federação das Indústrias do Estado do Ceará
Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024 - CNPJ: 07.264.385/0001-43
Política de Privacidade & Copyright