telefone(85) 4009.6300

Centro Internacional de Negócios da FIEC retoma o Café Comex após 2 anos de pausa

09/05/2022 - 17h05

Após dois anos de pausa por conta da pandemia, o  Café Comex retornou, nesta quinta-feira, (05/05), com o tema: Programa Operador Econômico Autorizado (OEA). O webinar, ministrado pelo consultor, auditor e especialista em compliance empresarial, Patrick Sousa, é uma realização do Centro Internacional de Negócios (CIN), da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC). O evento ocorre em parceria com o Philos Global Services e está disponível no canal da FIEC no YouTube. A próxima edição deve ocorrer no início do mês de junho.

“O OEA é um tema extremamente relevante e nós precisamos compartilhar esse conhecimento com as empresas do nosso estado. O Ceará passa hoje por um momento extremamente desafiador, mas também de colheita. Nós estamos com vários projetos de desenvolvimento econômico no estado e para que nós possamos proporcionar às empresas uma imersão internacional de forma assertiva e sustentável, iremos trazer para o Café Comex os principais temas relacionados ao comércio exterior, que possui uma importância fundamental para as empresas, parceiros e instituições que desejam estar inseridos nessa pauta”, ressaltou Karina Frota, Gerente do CIN.

“O Ceará tem feito muitas movimentações em relação ao comércio internacional e as empresas que se utilizam desses processos, ou têm seus negócios com operações de comércio exterior, seja exportação ou importação,  precisam estar envolvidas com o que está acontecendo globalmente em relação às questões de comércio internacional, e o OEA é uma ferramenta que vai muito além da redução de custos, ela é uma realidade global e o mundo todo está se movimentando em um padrão de negociação”, afirmou Patrick Sousa.

O programa OEA

Um Operador Econômico Autorizado (OEA) é considerado pela Receita Federal do Brasil como um parceiro estratégico após a comprovação do cumprimento dos requisitos e critérios do Programa OEA.

Desta forma, o operador é certificado como de baixo risco, confiável e pode usar benefícios ofertados pela Aduana Brasileira, como maior agilidade e previsibilidade de suas cargas nos fluxos de comércio internacional.

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

FIEC - Federação das Indústrias do Estado do Ceará
Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024 - CNPJ: 07.264.385/0001-43
Política de Privacidade & Copyright