telefone(85) 4009.6300

Sindredes comemora reconhecimento nacional das redes produzidas em Jaguaruana

27/05/2021 - 16h05

Jaguaruana é conhecida como a “Terra das redes” e, agora, mais do que nunca, o município celebra ainda mais essa vocação industrial. É que o Núcleo de Tecnologia e Qualidade Industrial do Ceará (Nutec), vinculado  à Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Estado, conquistou, nesta terça-feira, 25/05, a 1ª Indicação de Procedência do Ceará para as redes de dormir de Jaguaruana. A concessão foi publicada pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) na Revista da Propriedade Industrial (RPI).

O secretário da Secitece, Inácio Arruda, comemorou a notícia. “Esse é o reconhecimento do trabalho desenvolvido pela Secitece, através do Nutec, para um produto genuinamente cearense, produzido desde o século XVIII”, ressaltou.

O presidente do Sindicato das Indústrias de Redes do Estado do Ceará (Sindredes), Aluísio Ramalho, ressalta a importância da certificação. “Nosso reconhecimento e gratidão ao excelente trabalho desenvolvido pelo Nutec e pelo INPI. A certificação é muito importante para o setor, que segue em expansão, e sempre em busca de novos mercados”, afirmou.

O Nutec protocolou o pedido no INPI em fevereiro de 2020, em nome da Associação de Fabricantes e Artesãos de Jaguaruana (Asfarja). Segundo o presidente da autarquia, Francisco Magalhães, essa vitória é fruto de um trabalho minucioso. “Para a conquista do título, a nossa Agência de Inovação desenvolveu um trabalho detalhado, colhendo informações, elaborando documentos como o instrumento oficial que delimita a área da indicação geográfica, o plano de controle e o dossiê histórico sobre o município, e criando, junto com os produtores, o Caderno de Especificações Técnicas, que estabelece as etapas do processo de fabricação de redes, assim como os critérios de qualidade a serem seguidos”, ressaltou.

Indicação Geográfica

Indicação Geográfica (IG) é um título de propriedade industrial que reconhece, nacionalmente, determinado produto ou serviço por possuir características específicas de um território, seja por fatores naturais ou humanos.

Saiba mais

Apesar de não ser possível estabelecer precisamente  o início da fabricação de redes em Jaguaruana, estima-se que a atividade ocorra desde o século XVIII, tendo sido iniciada pelos indígenas que habitaram a cidade. As informações constam na documentação enviada ao INPI no processo de IG.

Como o município é um grande produtor de algodão, principal matéria-prima das redes,  a produção de redes foi vastamente beneficiada. Ainda com base na documentação enviada ao Instituto, a fabricação em Jaguaruana tem um perfil tipicamente familiar, com o chefe da família se dedicando à gestão e produção fabril, enquanto as mulheres e filhos atuam no acabamento das peças.

Já nos últimos anos, em resposta à competitividade trazida pelas indústrias, a produção familiar incluiu alguns avanços tecnológicos no processo.

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

Sistema FIEC - Sistema Federação das Indústrias do Estado do Ceará
Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024
Política de Privacidade & Copyright