telefone(85) 4009.6300

CIN apresenta desempenho do Comércio Exterior cearense em reunião da Câmara Setorial de Comércio Exterior e Investimento Estrangeiro da Adece

23/04/2021 - 17h04

Os membros da Câmara Setorial de Comércio Exterior e Investimento Estrangeiro da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece) reuniram-se hoje (23/4) para mais uma reunião. A gerente do Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), Karina Frota, é a presidente da Câmara e liderou a pauta das discussões.

O estudo Ceará em Comex, elaborado pelo CIN foi apresentado pela assessora especial, Lais Bertozo, que destacou os principais números do comércio exterior cearense no primeiro trimestre deste ano. As exportações caíram 21,4% e as importações aumentaram 12,7%. São Gonçalo é o município que mais exportou, seguido por Fortaleza. Os principais produtos vendidos para outros países foram castanha, minério e cera de carnaúba. Em 2021, 49 municípios cearenses estão exportando. Em 2020,  eram 46. Karina Frota destacou que os resultados motivam a FIEC e a Câmara a intensificar os esforços pela internacionalização das empresas cearenses. "Temos muito a fazer, principalmente em relação às micro e pequenas empresas", afirmou.

Os Estados Unidos continuam a ser o principal parceiro comercial do Ceará, tanto em exportações como em importações. Fortaleza é o município que mais importa, seguido de São Gonçalo do Amarante e Caucaia, que registrou aumento de 81% no trimestre. Limoeiro do Norte foi destaque no período, registrando crescimento de 41581%, com valor de US$30,5 milhões em importações, por conta da aquisição de módulos solares para geração de energia fotovoltaica provenientes da China.

Outro ponto alto da reunião foi a apresentação da Câmara Italo-brasileira de Comércio e Indústria do Rio de Janeiro por Alexandre Goiana. A Câmara tem atuação nacional, em diversos estados brasileiros, entre eles o Ceará. São mais de 250 empresas filiadas, de diversas atividades. "Nosso objetivo vai além de incentivar as relações comerciais, mas também atuar, nos países europeus que não têm Câmaras instituídas no Brasil, ser porta aberta para empresas brasileiras e também ser porta aberta para empresas europeias, para além das italianas, no Brasil", afirmou Alexandre Goiana.

Pautas da reunião
Também foi pauta da reunião a validação da vice-presidência da Câmara, que ficou com Mônica Luz, e da secretaria, a cargo de Hermes Monteiro. Marta Campelo apresentou os resultados da Rodada Bid.

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

Sistema FIEC - Sistema Federação das Indústrias do Estado do Ceará
Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024
Política de Privacidade & Copyright