telefone(85) 4009.6300

Ricardo Cavalcante é empossado novo presidente da Associação Nordeste Forte

23/02/2021 - 22h02

Na noite da última segunda -feira, 22/02, o Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), Ricardo Cavalcante, tomou posse como novo presidente da Associação Nordeste Forte. O evento, restrito a poucas pessoas, aconteceu na sede da Confederação Nacional da Indústria (CNI). Ricardo Cavalcante foi eleito por aclamação em outubro do ano passado.

Uma comitiva de diretores da FIEC acompanhou o presidente. Durante a cerimônia, prestigiada por várias autoridades, também tomaram posse Eduardo Prado, Presidente da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES), como Vice-Presidente Financeiro da Associação, e José Carlos Lyra, Presidente da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (FIEA), como Vice-Presidente Secretário da Associação.

Ricardo Cavalcante abriu o evento destacando o excelente trabalho realizado pelo Ex-Presidente da Associação, Amaro Sales, que em sua gestão, dentre outras iniciativas, lançou a Programação Prioritária do Nordeste 2019 – 2022, documento que traz um conjunto de ações voltadas para valorizar o papel da indústria do Nordeste no ambiente econômico nacional.

“Esta Programação expôs, de forma contundente, a importância de combatermos a fragilidade das políticas de desenvolvimento regional, que pouco têm contribuído para a redução das desigualdades regionais no Brasil, comprometendo assim o nosso crescimento”, afirmou Ricardo Cavalcante.

De acordo com o Presidente Ricardo, a Confederação Nacional da Indústria tem contribuído para a valorização da indústria brasileira no cenário político-econômico nacional e internacional. E o Nordeste tem contribuído e pode alavancar ainda mais a sua participação. “O Nordeste é um celeiro de oportunidades e de realidades que precisam ser destacadas. A região tem um potencial tático de riquezas naturais e humanas que a credencia como um território atrativo a investimentos do mundo inteiro”, reforçou.

Ricardo Cavalcante lembrou, ainda, que nos últimos anos o Nordeste tem crescido acima da média nacional, alcançando 14,8% do PIB brasileiro em 2017. Ele se mostrou empolgado para contribuir ainda mais para o desenvolvimento do Nordeste e do Brasil por meio do mandato à frente da Associação.

“É com muito otimismo que pretendemos iniciar nosso mandato na Associação Nordeste Forte, pois temos razões de sobra para acreditar em uma indústria nordestina pujante, arrojada e conectada com o mundo contemporâneo. Assumo o cargo na certeza de que iremos trabalhar coletivamente para identificar os principais gargalos que comprometem o crescimento da nossa indústria e atuar de forma inteligente usando todos os recursos tecnológicos e humanos de que dispomos em nossos estados”, afirmou.

“Com a criação da Associação Nordeste Forte, os presidentes das Federações dos Estados participantes conseguiram se unir e ter um olhar mais elaborado para a região como um todo, e com isso ter resultados fantásticos para o Nordeste. Fortalecendo não só os Estados, mas todo o sistema industrial da região. Parabenizo o Amaro pelo trabalho realizado, e tenho certeza que o Ricardo Cavalcante irá melhorar ainda mais a base que já foi criada e pode contar com todo o apoio da CNI”, afirmou Robson Braga de Andrade, presidente da Confederação Nacional da Indústria.

O Procurador Geral da República, Antônio Augusto Brandão de Aras, parabenizou a gestão anterior da Associação, “Como procurador Geral da República, estamos aqui hoje representando o Ministério Público Brasileiro e temos certeza que essa nova gestão que se inicia com Ricardo Cavalcante, promete ser tão operosa e de tanto sucesso quanto a de Amaro Sales”, declarou o Procurador.

Ricardo Cavalcante aproveitou a oportunidade para destacar também o recém-lançado Programa de Hidrogênio Verde no Ceará, uma iniciativa da Federação, junto ao Governo do Ceará, a Universidade Federal do Ceará e o Complexo Portuário do Pecém. O Programa, lançado no dia 19/02, tem como objetivo transformar o Estado em um HUB dessa nova matriz energética. Na ocasião, foi assinado o primeiro protocolo de intenções com a empresa Energix Energy, que prevê investimento de 5,4 bilhões de dólares na implantação de uma planta industrial de produção de hidrogênio verde.

 

“Inúmeros estudos nacionais e internacionais apontam o Nordeste como uma das regiões com maior potencial para a geração de energia renovável em todo o mundo. Atualmente, 88% de toda a potência instalada de usinas eólicas e solares do Brasil estão no Nordeste “, finalizou o presidente.

“Ricardo, você tem o nosso compromisso de trabalhar com o Governo e com o Congresso Nacional para reduzir os juros do Brasil e tirar as amarras para que a região do Nordeste possa crescer ainda mais, toda a Associação pode contar com o nosso apoio”, disse Carlos Alexandre Da Costa, Secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade.

Associação Nordeste Forte

Criada em 29 de novembro de 2016 para promover ações de desenvolvimento socioeconômico na região Nordeste, a Associação Nordeste Forte atua para contribuir para a competitividade da indústria e para fazer com que a economia cresça, buscando a redução das desigualdades regionais e a construção de um Nordeste mais forte.

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

Sistema FIEC - Sistema Federação das Indústrias do Estado do Ceará
Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024
POLÍTICA DE PRIVACIDADE & COPYRIGHT