telefone(85) 4009.6300

Ricardo Cavalcante participa de assinatura de Medidas Provisórias de apoio ao setor produtivo, em Porto Seguro (BA)

17/12/2020 - 20h12

O Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), Ricardo Cavalcante, participou da assinatura de duas importantes Medidas Provisórias que possibilitarão a renegociação dos Fundos de Investimento do Nordeste (Finor),  da Amazônia (Finam) e dos Fundos  Constitucionais  do Nordeste (FNE), Financiamento do Norte (FNO) e do Centro-Oeste (FCO). O ato, celebrado pelo Presidente da República Jair Bolsonaro, hoje (17/12), em Porto Seguro (BA), beneficiará mais de 300 mil empresas, além da renegociação de R$ 50 bilhões em dívidas.

“Essas são demandas de mais de 25 anos, não só do setor industrial, mas do setor de comércio e serviços, que serão possíveis graças à assinatura de hoje. No caso do FNE, a ação possibilitará a repactuação dessas operações que voltarão a situação inicial”, declarou o presidente da FIEC.

Ricardo Cavalcante completou informando que “as dívidas serão corrigidas pelas taxas de contrato, sem multas, juros e moras e, também, com os pagamentos realizados pelo empresário no período”, disse.

A importância do momento é representada em números. O FNO, o FCO e o FNE acumulam mais de R$ 9,1 bilhões em dívidas, abrangendo mais de 300 mil pessoas físicas e jurídicas. Aproximadamente 87% das dívidas são de até R$ 20 mil, ou seja, de pequenos devedores. Já no Finam e Finor, o índice de inadimplência das carteiras de debêntures é de 99%. A dívida de empreendedores com os dois fundos chega a R$ 49,3 bilhões.

“O que nós buscamos o tempo todo é facilitar a vida de quem produz, jamais criaremos problemas para vender dificuldades. As coisas não são fáceis, mas quando se quer fazê-las, a pessoa faz”, afirmou o presidente Bolsonaro, lembrando que os grandiosos números envolvidos possibilitarão uma injeção de ânimo nas empresas, gerando emprego e renda no país.

Já o Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, atentou para a necessidade de novas ferramentas como as implementadas hoje, que estimulem o desenvolvimento do país e não oprimam o empresariado. O Gestor finalizou informando que Governo Federal tem feito o papel de casa. “Esse Governo está quebrando paradigmas, tem feito um trabalho de desburocratizar, modernizar, melhorar o ambiente de trabalho no país”, completou.

Importância das Medidas Provisórias

A renegociação de dívidas junto ao Governo Federal é uma demanda antiga das Indústrias da região, que, a partir de agora, terá novos fomentos para o fortalecimento de negócios. Atualmente, o alto índice de inadimplência com os fundos constitucionais e de investimentos tem inviabilizado novos créditos, reduzindo consequentemente os investimentos e a geração de emprego e renda.

Protagonismo da FIEC

A FIEC foi protagonista nesse processo de assinatura das Medidas Provisórias de hoje, através de diálogos permanentes desenvolvidos entre o representante máximo da Instituição, Ricardo Cavalcante, e o Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, além do Deputado Federal Júlio César (PI), coordenador da bancada do Nordeste na Câmara que fez um grande trabalho para que o objetivo fosse alcançado.

Presença de Comitiva Cearense em Porto Seguro

Para prestigiar a ação desenvolvida pelo Governo Federal e que contou com os esforços do Presidente da FIEC Ricardo Cavalcante, uma comitiva de empresários e representantes institucionais, liderada pelo Presidente da FIEC, saiu do Ceará para a cidade de Porto Seguro, na Bahia, e contou com os nomes de Júlio César de Carvalho Lima (Deputado Federal pelo PSD/PI),  Romildo Carneiro Rolim (Presidente do Banco do Nordeste do Brasil – BNB), Ivan José Bezerra de Menezes (Presidente da TBM Têxtil Bezerra de Menezes), Francisco de Araújo Carneiro Neto – Dico Neto (CEO da Companhia de Alimentos do Nordeste – CIALNE), Tom Prado (CEO da Itaueira Agropecuária S.A.), Luiz Francisco Juaçaba Esteves (Diretor Administrativo da FIEC) e Sérgio Roberto Andrade Lopes (Superintendente de Relações Institucionais da FIEC).

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

Sistema FIEC - Sistema Federação das Indústrias do Estado do Ceará
Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024
POLÍTICA DE PRIVACIDADE & COPYRIGHT