telefone(85) 4009.6300

Sindpan comemora Dia Mundial do Pão com distribuição de pães na sede da FIEC

15/10/2020 - 17h10

Em boa parte dos lares brasileiros, o início do dia é exatamente igual: com uma xícara de café e um pão quentinho. O pão é um dos alimentos mais tradicionais em todo o mundo. Para homenagear esse alimento tão consumido, foi criado o Dia Mundial do Pão, celebrado nesta sexta-feira (16/10). A data foi instituída em 2000, em Nova York, pela União dos Padeiros e Confeiteiros. 

No Ceará, a popularidade do pão não é diferente. O Sindicato das Indústrias de Panificação e Confeitaria no Estado do Ceará estima um consumo anual de 34 kg de pão per capita. “Nós fazemos essa medição todos os anos, para saber como o cearense está incluindo o pão em seu dia a dia. As padarias trabalham o ano inteiro com muito primor, inclusive criando novos produtos, como pães integrais e funcionais. No Dia Mundial do Pão é hora de comemorar”, explica Ângelo Nunes, presidente do Sindpan.

Nesta quinta-feira, o Sindicato antecipou a comemoração e fez uma distribuição de pães por toda a Casa da Indústria, sede da Federação das Indústrias do Estado do Ceará. Além do presidente do Sindpan, Ângelo Nunes, a ação contou com a participação de Fernando Fernandes, presidente da Associação Cearense da Indústria de Panificação (Acip), e Alex Martins, presidente da Rede Pão.

A distribuição teve início na sala da presidência da FIEC, onde o presidente Ricardo Cavalcante recebeu a iguaria. “O Sindpan é muito importante para a FIEC, pois é um sindicato que está em todos os municípios do Ceará e tem grande representatividade dentro da Federação. O trabalho que o Ângelo está desenvolvendo é espetacular, e este momento que ele está nos proporcionando é um momento alegre, mas que, ao mesmo tempo, nos traz reflexões sobre a importância de todos os seres humanos terem uma boa alimentação”, disse o líder da FIEC.

Saiba mais

A história do pão é antiga. Ele teria surgido há mais de 6 mil anos, quando os egípcios descobriram a fermentação do trigo. Ali ele era considerado um alimento básico e era um símbolo de poder. Os pães preparados com trigo de qualidade superior eram destinados apenas aos ricos. Os egípcios se dedicavam tanto ao pão que se tornaram conhecidos como “comedores de pão”. Quando o homem começou a controlar o processo de fermentação, a técnica de fazer pão se aprimorou e se espalhou pelo mundo.

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

  • CENTRO INTERNACIONAL DE NEGÓCIOS: Facebook
Sistema FIEC - Sistema Federação das Indústrias do Estado do Ceará
Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024
POLÍTICA DE PRIVACIDADE & COPYRIGHT