telefone(85) 4009.6300

FIEC recebe superintendência da Caixa no Ceará em reunião virtual de diretoria

23/06/2020 - 17h06

A superintendente de rede da Caixa Econômica Federal (CEF) no Ceará, Elaine Carlos, participou hoje (23/6) de reunião virtual da diretoria da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC). A executiva apresentou as linhas de crédito disponíveis para empresas, tirou dúvidas e respondeu perguntas dos empresários.

Foram abordados os detalhes de cada linha, como o Pronampe, o Fampe e linhas de capital de giro, linhas para investimento, linhas para aquisição de máquinas e equipamentos e linhas para antecipação de receita. O Pronampe é o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte. O objetivo é estimular e fortalecer os pequenos negócios e a manutenção dos empregos. Destina-se à microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte. A taxa de juros anual máxima é correspondente à taxa SELIC mais 1,25%. São 36 meses para pagar e oito meses de carência. O FAMPE é o Fundo de Aval para as Micro e Pequenas Empresas (FAMPE), resultante de parceria entre CEF e Sebrae.

O presidente da FIEC, Ricardo Cavalcante, reafirmou a preocupação da FIEC com a chegada dos recursos anunciados pelo Governo Federal a indústrias cearenses. "A maioria das empresas exauriu o capital de giro. O governo lançou diversos programas de crédito, mas o dinheiro não está chegando onde deve, que é nas empresas. Tenho certeza que o governo está querendo resolver. Estamos aqui para buscar soluções conjuntas para atender os empresários nesse momento difícil. Vamos encontrar onde está o gargalo, porque esse recurso não chega, informar isso que não está funcionando ao governo e tentar mudar", afirmou.

A superintendente de rede da Caixa Econômica Federal (CEF) no Ceará, Elaine Carlos, ressaltou que a instituição está a disposição das indústrias. "Sabemos da importância das indústrias cearenses para o estado e para a Caixa. As linhas são simplificadas. Estamos juntos para construir soluções e sempre à disposição para atendê-los". Durante a reunião, foi disponibilizado o portal Caixa Com Sua Empresa, onde os empresários podem demonstrar interesse em fazer negócios com a instituição e solicitar contato.

Pautas da reunião
A reunião também teve como pauta a Estratégia para Indústria Cearense Pós-pandemia, trabalho realizado pela FIEC para elaborar uma política industrial cearense. A federação está aplicando questionários com presidentes de sindicatos filiados para conhecer as demandas e perfil de cada setor. Um documento final reunirá todas as informações. A ação é liderada pelo 1º vice-presidente da FIEC, Carlos Prado, e coordenada pelo assessor econômico da FIEC, Lauro Chaves, com execução do Observatório da Indústria da FIEC. O prazo para coleta de respostas do questionários é 10/7. O objetivo é tornar as indústrias mais sustentáveis e competitivas a partir das demandas reais apresentadas.

Antes da reunião ter início, o presidente Ricardo Cavalcante pediu um minuto de silêncio em homenagem às vítimas da Covid-19 no Brasil, no Ceará e de amigos, diretores e colaboradores da FIEC.

Ricardo Cavalcante anunciou ainda o início da campanha Compre do Ceará para quinta-feira, promovida pela FIEC, Fecomércio, FAEC, Fetrans e Sebrae para incentivar o consumo de produtos cearenses. O mote da campanha é a união da indústria, comércio e serviços em torno da valorização da produção cearense.

O SENAI Ceará também foi destaque na reunião. O presidente Ricardo Cavalcante anunciou que a instituição foi destaque nacional em gestão em 2019, recebendo prêmio de R$200 mil reais da Confederação Nacional da Indústria (CNI) pelo desempenho. A atuação do SENAI na pandemia foi lembrada pelo conserto de 90 aparelhos de ventilação pulmonar. Com 81% de eficiência nos consertos, o SENAI Ceará é o melhor do país, de acordo com a CNI. A instituição produziu ainda EPI's e álcool em gel para doação ao Governo do Ceará e instituições de saúde.

De acordo com Ricardo Cavalcante, o SESI Ceará já dispõe de testes rápidos para venda a indústrias cearenses. As empresas podem solicitar também a aplicação nos colaboradores.

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

  • CENTRO INTERNACIONAL DE NEGÓCIOS: Facebook
Sistema FIEC - Sistema Federação das Indústrias do Estado do Ceará
Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024
POLÍTICA DE PRIVACIDADE & COPYRIGHT