telefone(85) 4009.6300

SENAI Ceará auxilia empresas a inovarem e manterem seus negócios durante a pandemia

10/05/2022 - 14h05

Os prejuízos causados pelo Coronavírus afetaram a economia mundial e, em um efeito dominó, inevitavelmente, comprometeram várias empresas cearenses. Outras, por sua vez, conseguiram administrar bem a difícil situação e até obtiveram êxito. Uma delas: a PVC Indústria e Comércio de Plásticos, de Juazeiro do Norte, na região do Cariri. A superação da crise contou com o apoio do SENAI Ceará ao inovar a produção das mercadorias.

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Ceará adquiriu uma máquina de scanner para a digitalização das peças. O instrumento possui um laser que colhe pontos da superfície para a produção em 3D. Outra função da máquina é a análise dimensional, no qual, o aparelho verifica as dimensões das peças com precisão milimétrica. Realidade bem diferente de antes do apoio do SENAI Ceará, quando a empresa só produzia chinelos em PVC. “Conhecemos o SENAI Ceará por meio de um amigo e tivemos a oportunidade de conhecer mais os seus serviços e produtos. Durante a pandemia precisamos nos reinventar e adicionar um produto a mais na nossa produção. O SENAI fez o escaneamento das imagens dos santos e nós iniciamos a produção das peças em PVC. Hoje os produtos são um sucesso e estamos precisando esperar semanas para atender a todas as demandas”, declarou Wanderson Sampaio Gonçalves, Sócio-diretor da PVC indústria e comércio de plásticos.

O gerente dos Institutos SENAI de Tecnologia em Eletrometalmecânica e Energias Renováveis, Carlos Egberto Mesquita, destacou que a aquisição da máquina teve como objetivo oferecer o serviço de engenharia reversa, que funciona como um dispositivo para reproduzir ou melhorar peças. “Podemos usar como exemplo uma empresa que lançou um produto no mercado há mais de 10 anos e perdeu o projeto. A máquina de scanner do SENAI Ceará pode, a partir da peça física, escanear o produto e, com esse arquivo que é gerado, trabalhar na produção de um novo produto e lançá-lo novamente ao mercado”, destacou Carlos Egberto.

Em um cenário em que a economia está retornando é preciso que empresas se readaptem à nova realidade e busquem alternativas de crescimento e inovação, aproveitando as oportunidades que aparecem no mercado. “É algo extraordinário que abre um leque ainda maior de oportunidades para os empresários que desejam inovar ou arriscar em novos segmentos”, finalizou o gestor do SENAI Ceará.

Empresas que estão conseguindo manter o sucesso de suas operações e que estão adotando estratégias para solucionar os problemas gerados pela crise são inspiradoras e merecem se destacar.

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

FIEC - Federação das Indústrias do Estado do Ceará
Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024 - CNPJ: 07.264.385/0001-43
Política de Privacidade & Copyright