telefone(85) 4009.6300

A importância do Oriente Médio para o Ceará é tema da coluna semanal de Karina Frota no jornal O Povo

01/10/2021 - 09h10

Confira a coluna na íntegra:

Em 2021, até o mês de agosto, os dados da balança comercial cearense com os países do Oriente Médio registram déficit. A análise da série histórica dos últimos seis anos apresenta como resultado estatístico oscilações entre as trocas comerciais dos dois mercados. Os anos de 2018, 2019 e 2020 foram superavitários para o Estado.

Os principais produtos exportados pelo Ceará em 2021 para o Oriente Médio foram castanha de caju, calçados de borracha, melões frescos e biscoitos. Na importação, o Gasoléo (Óleo Diesel) registra a maior participação.

Os principais países de destino dos produtos cearenses são Kwait, Israel, Emirados Árabes e Arábia Saudita. As principais origens das importações foram Arábia Saudita, Israel e Jordânia. Dentre as principais características dos países do Oriente Médio destacam-se suas elevadas rendas per capita e sua dependência em relação à importação de alimentos de todo o mundo.

Regras para alimentos
Importante informar que os muçulmanos, assim como muitos cristãos e judeus, também seguem regras em relação à alimentação. O alimento permitido no Islã, de acordo com as regras de Deus escritas no Alcorão, é denominado Halal, que em árabe significa lícito, autorizado.

Para que um alimento seja considerado Halal é necessário que siga regras de fabricação específicas. No caso de carnes, as normas dizem respeito à forma de abate. Suínos e bebidas alcoólicas são proibidos.

Em um mundo sem fronteiras, como é possível garantir que um alimento é Halal? Para isso existem instituições certificadoras, que acompanham os procedimentos de fabricação e abate.

A Cibal Halal (Central Islâmica Brasileira de Alimentos Halal), é um braço operacional da Federação das Associações Muçulmanas do Brasil (Fambras), que atua no Brasil desde 1979. Para conferir a certificação, um inspetor vai à indústria, faz o levantamento de todos os produtos que são utilizados e realiza laudos técnicos para comprovar que não existe qualquer ingrediente proibido.

De 1º de outubro de 2021 e 31 de março de 2022, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, acontecerá a Expo Dubai. A Exposição Universal é um evento itinerante que ocorre a cada cinco anos, em que a maior atração são os pavilhões dos países participantes.

A Expo Dubai atrairá milhões de visitantes de todo o mundo com o intuito de explorar inovações, ideias, avanços científicos e tecnológicos. Reunirá setores privados, ONGs e instituições governamentais, todas destinadas a discutir negócios, tecnologia, urbanismo, sustentabilidade, ciências, cultura, gastronomia e economia.

Clique AQUI e acompanhe a coluna no portal O Povo.

Foto: KARIM SAHIB

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

FIEC - Federação das Indústrias do Estado do Ceará
Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024 - CNPJ: 07.264.385/0001-43
Política de Privacidade & Copyright