telefone(85) 4009.6300

Presidente da FIEC participa de live de lançamento do Anuário do Ceará 2020-2021

22/09/2020 - 17h09

Na última segunda-feira, 21/09, foi lançado, oficialmente, o Anuário do Ceará 2020-2021. O evento, online, foi mediado pelo editor-geral da publicação, o jornalista Jocélio Leal, e contou com a participação da presidente do grupo O POVO, Luciana Dummar. O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), Ricardo Cavalcante, também participou do evento, ao lado do governador Camilo Santana, do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, e do presidente do TJCE, Washington Araújo.

Durante a live, a nova edição do Anuário do Ceará foi apresentada.  Alex Ferreira, Camila Gadelha, Cristina Brito, Lucas Casemiro e Evandilson Costa integraram o time de repórteres. Já o capítulo especial foi assinado pela jornalista Luciana Castro, com revisão e checagem do jornalista Soriel Leiros.

Durante o lançamento, os participantes fizeram uma avaliação das decisões tomadas para o enfrentamento da pandemia e o impacto do coronavírus na economia e na indústria.

O presidente da FIEC, Ricardo Cavalcante, falou sobre os impactos para o setor industrial do Ceará. “Sobre a escassez da matéria-prima em alguns setores, estamos com problema de cimento e aço. No setor de calçados, temos a falta do PVC. Mas são problemas que acredito que sejam sanados em 50, 60 dias. Porque essas mesmas indústrias passaram muito tempo paradas. Algumas indústrias estão sofrendo o desabastecimento. Tem tido aumento em vários produtos, mas acredito que quando se restabelecer toda essa produção, a gente vai conseguir que esse preço volte ao patamar anterior”, afirmou Ricardo Cavalcante.

O prefeito Roberto Cláudio ressaltou a importância do diálogo entre poder público e entidades econômicas. “É papel das entidades econômicas pedir, exigir informação, clareza, sentar na mesa. Exemplo disso é o presidente Ricardo Cavalcante, que sempre nos solicita informações’, reforçou Roberto Cláudio.

Sobre a pandemia, o governador do Ceará, Camilo Santana, afirmou que as medidas tomadas “foram medidas duras, mas medidas necessárias, para ampliar o sistema de saúde para atender a população, para salvar vidas cearenses”, pontuou.

Já o prefeito Roberto Cláudio avaliou as estratégias de enfrentamento como “essenciais” e afirmou que o apoio da população foi fundamental. “Com o grande apoio majoritário da população de Fortaleza, é que podemos estar vivenciando uma história de enfrentamento muito mais eficiente e competente”, disse.

O presidente TJCE, Washington Araújo, aproveitou para falar sobre o poder judiciário e as expectativas para as Eleições 2020. “O Poder Judiciário tem uma característica, ele é inerte, imóvel, ele só se movimenta se provocado. Isso faz parte do perfil do poder, ele só age com provocação. O nosso ramo do judiciário que faz a programação desse jogo democrático, é o TRE, e ele está preparado”, afirmou Washington.

Durante a live, o presidente da Federação das Indústrias do Ceará (FIEC), Ricardo Cavalcante, também falou sobre como a parceria da FIEC com o Ministério da Economia para redução do Custo Brasil. “Já estávamos trabalhando faz quatro meses. O nosso Observatório da Indústria é uma das maiores bases de dados do país, com mais de um trilhão de informações. O Observatório da FIEC foi a primeira entidade a ser conveniada ao Ministério da Economia, assinamos na terça-feira passada o convênio em Brasília. Para nós, é motivo de muito orgulho. Esses dados estão abertos para toda a população e principalmente aos empresários”, afirmou Ricardo Cavalcante.

O presidente Ricardo falou sobre a inauguração, no dia 24/09, da nova estrutura do Centro Internacional de Negócios, onde o micro, pequenos, médios e grandes empresários conseguirão informações sobre exportação e importação.

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

  • CENTRO INTERNACIONAL DE NEGÓCIOS: Facebook
Sistema FIEC - Sistema Federação das Indústrias do Estado do Ceará
Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024
POLÍTICA DE PRIVACIDADE & COPYRIGHT