SESI/CE oferece aulas de Educação de Jovem e Adultos (EJA) dentro de indústrias cearenses

15/02/2017 - 12h02

O início do ano letivo marca a volta às aulas não apenas para crianças e adolescentes. Em fevereiro, centenas de trabalhadores também retornam aos bancos da escola para dar mais um passo rumo à realização de um sonho: a conclusão do ensino fundamental e médio.

O SESI conta com diversas experiências educativas dentro das indústrias cearenses, com a oferta gratuita da escolarização dentro das próprias empresas. As aulas acontecem, geralmente, no início ou no final do expediente, o que facilita a rotina dos funcionários.

Uma dessas empresas é a Vicunha Têxtil S/A, que possui quatro turmas de Educação de Jovens e Adultos (EJA), com cerca de 25 alunos cada. Entre eles, está o eletricista de 40 anos Eliomar Correia de Almeida. Trabalhando há 21 anos na empresa, Eliomar precisou interromper os estudos devido à necessidade de ajudar financeiramente a família. No ano de 2014, decidiu voltar à escola, mas a fatalidade do falecimento da esposa o levou a uma nova interrupção, pois não se sentia psicologicamente preparado para estudar naquele momento. Agora, pensando no futuro, na aposentadoria e no crescimento profissional, Eliomar decidiu que era hora de dar mais uma chance ao aprendizado.

Obdias Ferreira Simão, de 23 anos, é colega de classe de Eliomar. Apesar da diferença de idade, a história dos dois colegas guarda dificuldades semelhantes, assim como o desejo de superá-las. O jovem também parou os estudos por conta da necessidade de contribuir para o pagamento das despesas de casa. Há 5 anos na Vicunha, em 2013 ele ingressou no curso de Elevação de Escolaridade, mas também interrompeu-o antes da finalização por conta de problemas familiares. Recentemente, graças ao incentivo do pai, que sempre dizia que a vida podia lhe tirar tudo, menos o conhecimento, e também de seus supervisores, Obdias percebeu que era na educação que ele encontraria o pontapé para alavancar a carreira dentro da empresa.

"A aula sempre funciona no contraturno do trabalhador. Então ele não perde tempo com deslocamento, pois trabalha e estuda no mesmo lugar. Vai para casa apenas para descansar", explica a coordenadora pedagógica do SESI, Ângela Gomes.

Atualmente, o SESI conta com turmas de educação básica em aproximadamente 110 empresas cearenses.

Para conhecer as soluções em educação do SESI, ligue (85)4009.6300 ou acesse www.sesi-ce.org.br

(85) 4009.6300 / Av. Barão de Studart, 1980, Aldeota - Fortaleza-CE