Projeto do Parque Tecnológico do Ceará começa a virar realidade

10/01/2017 - 13h01

Com o intuito de nortear um investimento de melhoria para o estado do Ceará foi apresentado na manhã desta terça-feira (10/1), na FIEC, pela professora Fátima Ludorico, consultora contratada pelo Banco Mundial, o Estudo de Viabilidade de um Parque Tecnológico no Estado do Ceará, com a presença de empresários, representantes de universidades e de membros da esfera governamental. O evento foi conduzido pela Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Estado (Secitece).

Na oportunidade, o presidente do SIMEC e do Conselho de Inovação e Tecnologia da FIEC, Sampaio Filho, deu as boas vindas e reforçou a parceria entre as instituições, dizendo ser fundamental para a consolidação de ideias e projetos. O secretário da Secitece, Inácio Arruda, destacou essa importância ao dizer que um parque tecnológico exige espaço físico, mas também uma política capaz de entender o estado inteiro. “Temos várias iniciativas que têm contribuído para este acontecimento, ao atrair para o nosso território investimentos de inovação”, disse.

Durante o encontro foram mostradas experiências de outros parques tecnológicos, localização e ambiente de fluxo, perfil estratégico do Parque Tecnológico do Ceará, áreas estratégicas, áreas de atuação, modelo de gestão, governança e investimento do parque. O parque terá a missão de transformar conhecimento em riqueza, por meio da inovação em rede, para o desenvolvimento regional sustentável.

(85) 4009.6300 / Av. Barão de Studart, 1980, Aldeota - Fortaleza-CE